Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Câmara concede Título de Cidadão Glóriadouradense á Marçal Filho

12 Jun 2010 - 10h00Por Washington Lima / Fátima News

Vereadores da Câmara Municipal de Glória de Dourados, em sessão realizada nesta semana, aprovaram o Projeto de Decreto Legislativo, de autoria do Vereador Walid Aidamus Rasslan (PMDB), que concede Título de Cidadão Glóriadouradense ao Deputado Federal Marçal Filho, pelos relevantes serviços prestados ao Município de Glória de Dourados.

 

 

 

Cidadão MARÇAL GONÇALVES LEITE FILHO

 

 

Filho de Dona Judithe Alves Leite e Marçal Gonçalves Leite, Marçal nasceu em Dourados, cidade onde vive até hoje. Também foi onde se casou e teve dois filhos Vinícius Araújo Leite e Vanessa Araújo Leite.

 

 

Deputado Federal, iniciou sua vida pública em 1992, quando foi eleito vereador. Por duas vezes foi eleito deputado federal, cargo que ocupa atualmente pela terceira vez, sendo empossado na manhã do dia 15 de julho de 2009. O parlamentar ingressou no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em 1988 e permanece nele até hoje, onde ocupa a vice-presidência Estadual do Partido, no Mato Grosso do Sul.

 

        

 

Marçal é advogado por formação e radialista por profissão, a qual exerce há mais de 30 anos, com programas no ar até os dias de hoje. O deputado tem como bandeiras de luta a valorização do aposentado brasileiro, a saúde da população, os valores e a dignidade da família, além da paixão pela comunicação e a defesa de temas polêmicos como a redução da maioridade penal, o combate a pedofilia e o confisco para fins de reforma agrária, de propriedade que utilizam trabalho escravo. Atualmente o parlamentar é membro titular da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), na Câmara Federal onde foi relator do PL 4434, que beneficia os aposentados e pensionistas de todo o Brasil e Presidente da Comissão Especial PEC 555 (fim da taxação dos inativos).
        

 

Marçal já exerceu mandatos anteriores nos períodos de 97/2000 e 2000/2004. Sua principal missão é honrar a confiança que foi depositada nele, pela população de Mato Grosso do Sul, se esforçando e trabalhando para que os municípios sul-mato-grossenses alcancem o desenvolvimento sócio-econômico ideal para oferecer o bem estar à população.  Entre as suas maiores conquistas, como parlamentar, estão: a duplicação da BR 163, principal rodovia federal de Mato Grosso do Sul, a adequação da BR 463 e a criação da Santa Casa de Dourados, inaugurada em outubro de 2002. Com 60 mil m², o hospital que em 2008 foi incorporado a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e transformado em Hospital Universitário , atende atualmente pacientes de 36 municípios, transformando a cidade em um pólo de saúde na região Sul do MS.

 

 

Marçal sempre priorizou a saúde da população e atualmente luta para implantar em Dourados o PAI - Pronto Atendimento Infantil, projeto que visa criar um local onde às crianças de até 12 anos terão atendimento exclusivo nas áreas de ortopedia infantil, psicologia infantil e pediatria, dentre outras. O objetivo é fazer com que não se misturem com adultos, diminuindo assim o risco delas contraírem doenças e infecções.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros