Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Calendário dos GPs da Fórmula 1 em 2005 pode ter 19 provas

27 Ago 2004 - 15h52
O calendário do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 será provavelmente composto por 19 Grandes Prêmios em 2005, segundo se aventou esta sexta-feira em Spa-Francorchamps, cenário do Grande Prêmio da Bélgica no próximo domingo. Max Mosley, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), deu a entender, no último Conselho Mundial, que a designação de 19 datas não significa, de maneira automática, que o calendário passará de 18 para 19 provas, mas os rumores a respeito ficaram ainda mais fortes hoje em Spa-Francorchamps.

Um Grande Prêmio da Turquia pode ser disputado em agosto de 2005, entre o GP da Alemanha e o da Hungria.

Algumas escuderias estariam dispostas, no entanto, a voltar aos 17 GPs. Mas Bernie Ecclestone, o responsável pelas finanças da F1, propôs um quebra-cabeças às equipes: "Ou aceitam os 19 Grandes Prêmios ou suprimimos Imola e Silverstone". Para as equipes britânicas é impossível não competir em Silverstone, enquanto que, para a Ferrari, seria um crime não correr em Imola.
 
 
AFP

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'