Menu
SADER_FULL
sexta, 19 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Caixa registra novo recorde ao emprestar R$ 424 milhões em MS

19 Jul 2010 - 16h43Por Assessoria/Caixa

A Caixa Econômica Federal fechou o primeiro semestre de 2010 com um total de R$ 424 milhões de crédito para a compra da casa própria no Mato Grosso do Sul, tendo sido assinados mais de 5,4 mil contratos. Segundo balanço divulgado, hoje (19), desse total, R$ 251,8 milhões foram destinados ao Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV).

De acordo com o banco, o volume de recursos para o crédito habitacional, nos primeiros seis meses deste ano para o Estado, representa um crescimento de 119,72% em relação ao mesmo período do ano passado e já é maior que todo o montante aplicado em moradia no ano 2008, quando foram emprestados R$ 297,6 milhões.

NACIONAL

A previsão é de que até final deste ano a aplicação de recursos em crédito imobiliário em todo o Brasil seja acima de R$ 60 bilhões. "O desempenho da CAIXA, em financiamento habitacional, é compatível com o atual ciclo de desenvolvimento econômico e de inclusão social do país. Mostra a capacidade da empresa para responder aos desafios da política habitacional do Governo Federal e articular projetos urbanos em parceria com os estados e municípios brasileiros", afirmou a presidenta da instituição, Maria Fernanda Ramos Coelho.

Para Hereda, a expansão do crédito imobiliário foi decisiva para a consolidação de todas as principais economias desenvolvidas. "No Brasil, o volume de crédito imobiliário ainda é inexpressivo, se comparado ao PIB e, portanto, acredita-se que o atual ciclo virtuoso se sustentará ao longo dos próximos anos, sendo factível a expectativa de se atingir uma relação de 10% do PIB até o final de 2015", explica o vice-presidente.

O resultado expressivo do semestre também pode ser associado à realização da sexta edição do Feirão CAIXA da Casa Própria. O evento, que passou por treze cidades brasileiras, recebeu 576.194 visitantes e movimentou um volume de recursos de R$ 8,4 bilhões. Os números confirmaram a expectativa do banco em superar as edições anteriores e representam um aumento de 70% em comparação ao volume movimentado no ano passado, de R$ 5 bilhões.

No Programa Minha Casa Minha Vida, desde o lançamento, em abril de 2009, foram assinados mais de 542 mil contratos.

FGTS, SBPE e Outras fontes

Merecem destaque as linhas de crédito habitacional, destinadas a financiar a produção e a aquisição de imóveis novos. Para imóvel novo ou na planta, os empréstimos alcançaram o valor de mais de R$ 20,8 bilhões (sendo que recursos FGTS somam R$ 11,43 bilhões, SBPE R$ 5,15 bi, FAR R$ 4,1 bi e demais fontes R$ 0,12 bi), 173,7% a mais que o primeiro semestre de 2009. A quantidade de unidades aumentou 300%, saindo de 74.898 em 2009 e chegando a 301.405 no mesmo período em 2010.

Já os recursos investidos no financiamento de imóveis usados aumentaram 39% nos primeiros seis meses do ano, com relação ao mesmo período em 2009, saltando de R$ 9,6 bilhões para R$ 13,3 bilhões.

SIMULADOR

O interesse por crédito para moradia continua aquecido. Segundo registro do simulador da CAIXA, a média de acessos diários já chega a 117 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso
ATENTADO
Saiba quem é a mulher que empurrou padre Marcelo Rossi do palco
ASSALTANTES
Agricultor reage e mata dois ladrões que tentavam assaltar propriedade