Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 10 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Caixa estuda dividir terminais eletrônicos com BB e Bradesco

10 Ago 2010 - 05h37Por Folha Online

A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira que estuda integrar o uso de seus caixas eletrónicos com Banco do Brasil e Bradesco. Esses dois últimos já têm os sistemas integrados para o uso dos equipamentos, mas a oferta ainda não é generalizada no país. BB e Caixa também são parceiros.

De acordo com o presidente do BB, Aldemir Bendine, o uso vai garantir redução de custos para as instituições, além de comodidade para os clientes.

Os estudos para a integração dos sistema deve estar concluído em 30 dias, não há data para a medida entrar em vigor.

O anúncio da integração dos caixas foi feito na mesma tarde em que Banco do Brasil e Bradesco formalizaram a entrada da Caixa na nova bandeira de cartões Elo, lançada pelas duas instituições em abril. Os bancos esperam usar a escala dos bancos para repassar ganhos de sinergia aos consumidores.

Além de cartões de crédito, a nova bandeira oferecerá serviços de débito e pré-pago --como vale-alimentação e vale-combustível. A Elo surge para ter forte atuação nas classes C, D e E e acompanhar o trabalho de bancarização das três instituições. Juntas, as três somam mais de 100 mil clientes.

A ideia é que o primeiro cartão esteja disponível em outubro deste ano. A expectativa é atingir 15% do mercado de cartões em cinco anos.

A Caixa terá um terço de participação na holding que administrará a empresa. BB e Bradesco terão outros um terço cada. O controle ficará com o Bradesco.

No memorando assinado hoje, os três bancos também anunciaram que estudam aumentar a participação de hoje 1,14% da Caixa na Cielo, que tem Bradesco e BB com as maiores participações --28,65% cada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão