Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Caixa Econômica Federal reduz juros do consignado do INSS

30 Mai 2007 - 08h50
A Caixa Econômica Federal reduziu as taxas de juro da linha de crédito na modalidade de consignado do INSS, passando a praticar as menores taxas do mercado. A taxa mínima passou de 1,30 por cento para 0,92% por cento ao mês. A máxima de 2,41 por cento para 2,30 por cento ao mês.
 
As novas taxas já estarão disponíveis a partir desta terça-feira (29/05), em todas as agências da CAIXA.
 
CONSIGNADO INSS  Taxa anterior - por cento  Nova taxa – por cento 
Até 06 parcelas  1,30 ao mês 0,92 ao mês
12 parcelas 1,86 ao mês 1,69 ao mês
24 parcelas 2,26 ao mês 2,16 ao mês
36 parcelas 2,41 ao mês 2,30 ao mês
 
Atualmente, a CAIXA possui 2,02 milhões de operações consignadas em folha de pagamento com empregados de empresas públicas, privadas e aposentados do INSS, perfazendo um total de R$ 6 bilhões em empréstimos. Desse montante, R$ 3,3 bilhões são aplicados junto aos aposentados e pensionistas do INSS, representando o volume de 1,2 milhões de operações.
 
Dos 35.274 bilhões da carteira de consignação do sistema financeiro divulgados pelo Banco Central em março deste ano, 17,14 por cento são da CAIXA.
 
Somente este ano a CAIXA atingiu a marca de R$ 6,1 bilhões de recursos concedidos nesta modalidade de crédito.
 
PIONEIRA
 
A CAIXA é pioneira na concessão da linha de crédito consignado aos beneficiários do INSS. A consignação é uma operação de crédito simples e ágil, oferecida pelo banco às empresas públicas ou privadas ou entidades sindicais. Atualmente, o banco possui cerca de 19.000 empresas conveniadas.
 
A linha de crédito consignado para aposentados e pensionistas de todo o país foi lançada em maio de 2004, por meio de convênio firmado com o Ministério da Previdência Social e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
 
 
Assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos