Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Caixa amplia prazo de parcelamento do crédito educativo

27 Out 2004 - 13h59
A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou hoje a ampliação do prazo de parcelamento para quem deseja negociar a quitação do contrato do antigo Crédito Educativo.

O parcelamento, antes limitado a 12 meses, agora pode ser em até 36 meses, com descontos variáveis de acordo com o plano de amortização escolhido, conforme informou a Assessoria de Imprensa da Caixa.

As regras de renegociação são válidas só para o antigo Crédito Educativo. Não se aplicam ao Financiamento ao Estudante de Ensino Superior (Fies), que o substituiu.

Os incentivos serão mantidos até dezembro deste ano, basta o interessado comparecer a qualquer agência da Caixa com os documentos pessoais e comprovante de residência, sem necessidade de comprovação de renda.

O objetivo da instituição é dar melhores aos clientes de contratos com valores mais elevados condições de liquidar seus compromissos, com base na Lei 10.846/04, que beneficia os titulares de dívidas com o Crédito Educativo.

A Caixa oferece descontos de até 80% para os inadimplentes e de até 90% para os adimplentes. Para as quitações à vista os descontos são maiores. Em todo o Brasil, já foram liquidados ou renegociados 46.733 contratos do Crédito Educativo, e o saldo devedor ainda é de R$ 638,77 milhões.

A expectativa da Caixa é agilizar a negociação com os inadimplentes, uma vez que o novo parcelamento pode ser vantajoso para cerca de 55% dos contratos ainda não negociados, justamente aqueles que têm dívidas maiores (acima de R$ 10 mil).

Criado em 1975 e encerrado em 1997, o Programa de Crédito Educativo beneficiou um milhão de estudantes em universidades particulares. Sete anos depois de sua substituição pelo Fies, porém, ainda restam 145.363 contratos ativos, no valor de R$ 2,467 bilhões. desse total, 143.198 contratos, no valor de R$ 2,404 bilhões, estão em fase de amortização.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho