Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Cai o número de matrículas no ensino fundamental

7 Out 2004 - 09h25
O número de matrículas no ensino fundamental, que conta com 34 milhões de alunos, decresceu 1,2% em 2004, seguindo uma tendência que se vem verificando desde 1999. Em compensação, as matrículas na educação infantil cresceram 7,9%, de 6,4 milhões no ano passado para 6,9 milhões neste ano.

Na creche, hoje com 1,3 milhão de alunos, houve crescimento de 8,9% e na pré-escola, com 5,6 milhões, o aumento foi de 7,7%.

Esses dados, do Censo Escolar preliminar de 2004, foram divulgados no início desta tarde pelo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), do Ministério da Educação, Eliezer Pacheco.

Ensino técnico cresce

Eles mostram, também, que no ensino médio técnico o número de matrículas cresceu 14,5% e no ensino médio de jovens e adultos, 18%. Segundo o MEC, esse fato mostra uma tendência de crescimento da demanda por cursos que permitam acesso mais rápido ao mercado de trabalho.

Enquanto o curso médio regular dura três anos, a educação média de jovens e adultos pode ser concluída em apenas um.

55 milhões de estudantes

Em todos os níveis da educação básica existem hoje, no País, 55 milhões de estudantes, dos quais 88% freqüentam escolas públicas.

Já quanto à tendência de decréscimo do número de matrículas no ensino fundamental, o Inep relaciona três fatores: a correção do fluxo escolar, o fato de o porcentual de crianças na idade entre 7 e 14 anos atendidas na escola ter crescido para 97,2% (segundo dados de 2003 do IBGE) e a queda na taxa de natalidade da população.

Dados e recursos

Os números preliminares do Censo Escolar deste ano serão publicados na quinta-feira no Diário Oficial e, a partir de então, as secretarias de educação estaduais, municipais e do Distrito Federal terão 30 dias de prazo para apresentar recursos para pedir a retificação de informações publicadas.

É que os dados do Censo subsidiam uma série de políticas educacionais do setor público e a distribuição de recursos para implementação de projetos.

O MEC lembra que programas como o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), Merenda Escolar, Livro Didático e Dinheiro Direto na Escola baseiam-se nos dados do Censo Escolar.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares