Menu
SADER_FULL
quarta, 21 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Cai liminar que permitia abortar fetos sem cérebro

21 Out 2004 - 07h28
O Supremo Tribunal Federal (STF) cassou liminar que permitia o aborto de fetos anencéfalos (sem cérebro). A decisão foi tomada no início da noite desta quarta por sete votos a favor e quatro contra. As decisões e os processos ainda não foram finalizados, no entanto, ainda podem ser julgados.

A favor da cassação votaram os ministros Eros Grau, Joaquim Barbosa, Cezar Peluso, Gilmar Mendes, Ellen Gracie, Carlos Velloso e Nelson Jobim. Além do relator, ministro Marco Aurélio de Mello, votaram pela manutenção da liminar Carlos Ayres Britto, Celso de Mello e Sepúlveda Pertence.

Apenas o ministro Cezar Peluso votou no sentido de cassar a íntegra da liminar, inclusive no que se refere à suspensão dos processos e decisões relativas ao assunto.

Entenda o caso
Em 1º de julho deste ano, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Mello, aprovou liminar permitindo o aborto de um feto no qual foi diagnosticada anencefalia.

A ação foi ajuizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Saúde (CNTS), que defendeu a tese de que é uma violação da dignidade obrigar a mulher a levar até o fim uma gravidez, mesmo sabendo que ela é inviável. "É um sofrimento físico e psicológico equiparado à tortura", disse à época o advogado da CNTS, Luiz Roberto Barroso, que também considerou "revolucionária" a decisão do ministro.

Já a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifestou opinião oposta e trabalhou junto às instâncias de decisão, como os magistrados do STF, para que fosse tomada a decisão "mais adequada". "Mesmo sem cérebro, esses fetos têm a dignidade da pessoa humana", afirmou o representante da CNBB Dom Odilo quando informado da decisão.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
MAL SUBITO
Policial militar tem mal súbito e morre no mesmo dia que descobriu que seria pai
NOVELA GLOBAL
Régis oferece vender loja para dar dinheiro a Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
100 VERBAS
Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade