Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 24 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Cabral: Rio fica com 2,4 mil homens da Força Nacional

31 Jul 2007 - 13h26

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, confirmou hoje que 2,4 mil homens da Força Nacional Segurança Pública permanecerão no Estado. Eles reforçarão o efetivo nas ruas pelo menos até dezembro.

Cabral disse ainda que 300 policiais rodoviários federais de outros Estados que trabalharam no esquema de segurança do evento também devem continuar patrulhando as rodovias.

O governador voltou de defender o uso das Forças Armadas no combate à violência. De acordo com Cabral, os militares podem ajudar no policiamento de áreas no entorno de quartéis, como ocorreu no Complexo Esportivo de Deodoro, no subúrbio carioca, durante o Pan. "Se é possível que as Forças Armadas possam nos ajudar nesse apoio logístico, isso deve ocorrer", afirmou.

Ainda segundo o Cabral, a partir de amanhã a Guarda Municipal deve assumir todas as operações de trânsito na zona sul da capital do Estado, liberando mais policiais militares para o trabalho ostensivo contra os criminosos.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFANTICIDIO
Mãe de garotinha morta em Arapongas apanha na cadeia e confirma abusos e agressões – OUÇA ÁUDIO
MORTE ABSURDA
Mulher é morta a tiros após briga por levar bolo e não salgado a festa
AFOGAMENTO
Criança de 8 anos morre afogada ao cair em represa de pesqueiro
CAMPEÃ DO MUNDO FUTSAL
Não deu na Copa, mas deu no Futsal: Campeãs mundiais
RESPIRA POR APARELHOS
Hospital divulga boletim sobre estado de filho de Huck e Angélica
FAMOSIDADES
Filho de Angélica e Luciano Huck sofre acidente com wakeboard em Ilha Grande
DUPLO ASSASSINATO
Criança vê execução de pai e mãe em menos de 6 meses
COPA AMÉRICA
Brasil joga bonito, goleia Peru e se classifica em primeiro, veja os gols
SELFIE MORTAL
Jovem morre ao tentar tirar selfie na estação de trem do Riachuelo
CIGARRO ELETRÔNICO
Narguilé explode e jovem tem 60% do corpo queimado em festa