Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Caarapó tem centro de referência da assistência social indígena

17 Mai 2007 - 14h38

Com o objetivo de desenvolver ações e executar serviços básicos continuados à população da Reserva Indígena Te´yikue, com foco no fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, com direito à proteção social da comunidade Guarani-Kaiowá, a prefeitura de Caarapó implantou o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) no núcleo indígena do Município. A formação da equipe ocorreu em abril de 2006 e é composta por uma psicóloga, uma assistente social e uma assistente administrativa.

 

O CRAS funciona em sede própria, inaugurada em dezembro do ano passado. O prédio possui três salas de atendimento multiprofissional e um salão para reuniões sócio-educativas.  O núcleo é responsável pelo atendimento a cerca de quatro mil índios.

 

“Diante de todo o processo de construção do trabalho e formação de vínculos, acreditamos que o caráter intitulado ‘ensinar a pescar, e não em dar o peixe’, perpassa simplesmente uma metáfora, exigindo que o ser humano deseje a sua emancipação, encontrando dentro de si a sua auto-estima, as habilidades, a força e os sonhos”, declara a assistente social Joyce Aparecida Codonho, que, ao lado da psicóloga Ludimara Zanforlin e da assistente administrativa Talita Martins, compõe a equipe do CRAS indígena. Ela acrescenta que “o crescimento da pessoa precisa ser, primeiro, pessoal, para depois transformar a sociedade à sua volta, gerando a perspectiva de que a vida seja um palco de transformações e que o indivíduo seja autor de sua própria história”.

 

Joyce Codonho destaca o apoio da administração do prefeito Mateus Palma de Farias (PR) às ações do CRAS indígena, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social. “Há uma preocupação clara do dirigente municipal em relação à melhoria da qualidade de vida da população indígena de Caarapó”, conclui.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física