Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Caarapó desenvolve programa de incentivo literário

9 Ago 2007 - 10h39

A Secretaria de Educação e Esportes de Caarapó, em parceria com o Programa Escrevendo o Futuro, da Fundação Itaú Social, está desenvolvendo ações ligadas à literatura com participação de professores cursistas - alfabetizadores da educação Infantil e professores de língua portuguesa e de literatura do Ensino Fundamental e Médio das escolas das redes municipal e estadual, incluindo a Aldeia Te`ýikue. O projeto tem por objetivo de propor aos alunos uma coleta de poemas na comunidade, com base em estudos de gêneros textuais sob o tema Catadores de Poemas, encantadores de emoções e sentimentos.

 

Vários alunos estão realizando entrevistas com professores, familiares, poetas e amantes da poesia, recolhendo depoimentos, experiências de contato com o esse gênero textual, além de coletar poemas aprendidos ou escritos por cidadãos caarapoenses. “Os relatos das entrevistas já realizadas deixam transparecer o entusiasmo dos alunos ao desafio de conhecer e reconhecer a poesia no outro”, afirma a coordenadora do programa, professora Marlene Balbueno de Oliveira Ortega, da Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos.

 

Na opinião do secretário municipal de Educação e Esportes, professor Ismael Martins Guevara, a metodologia aplicada é de muita eficácia, pois envolve o repasse ao professor e o fazer do aluno. “Precisamos apoiar ainda mais os nossos educadores que se propõem a fazer uma educação de qualidade em nosso município”, observou.

 

Para o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), essa ação valoriza e resgata a cultura local, além de servir para incentivar o contato dos alunos com a poesia. “É uma oportunidade também de proporcionar aos estudantes uma maneira de buscar, de descobrir, de correr atrás de seus objetivos”, argumentou.

O Programa Escrevendo o Futuro foi criado pela Fundação Itaú Social em 2002 e tem como objetivo contribuir para o aperfeiçoamento da escrita dos alunos do ensino fundamental das escolas públicas brasileiras e para a formação de educadores, professores polivalentes e de Língua Portuguesa. A organização entende que, dessa forma, contribui também para a melhoria da qualidade de ensino. Para a fundação, saber ler e escrever com competência é muito importante para a plenitude das pessoas, pois além de ser imprescindível para o sucesso na vida profissional, o domínio da leitura e escrita é fundamental para a constituição da cidadania.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção