Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Busca por seguro-desemprego cai 9% em Mato Grosso do Sul

3 Jul 2007 - 08h00

Os pedidos de seguro-desemprego em Mato Grosso do Sul, em maio, caíram 9,3% na comparação com o número de 6.908 pedidos registrados em abril deste ano, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego.

Em maio, considerando todas as atividades econômicas, 6.277 trabalhadores demitidos solicitaram o seguro no Estado, contra 7.666 pedidos realizados em maio do ano passado. Em cada um dos 22 dias úteis do mês passado, foram solicitados, em média, 285 seguros em MS.

No acumulado de janeiro a abril deste ano, pouco mais de 37,5 mil funcionários demitidos do trabalho formal (com carteira assinada) entraram com pedidos para receber o seguro-desemprego. O seguro é concedido mensalmente aos recém-desempregados por um período de três a cinco meses: prazo que varia de acordo com o tempo do último vínculo empregatício, sendo que o trabalhador tem um período de sete a 120 dias após a dispensa para requerer o benefício.

No acumulado de janeiro a maio do ano passado, o número de pedidos de seguro-desemprego no Estado foi de 38,5 mil solicitações, que contribuíram para o total de 87,5 mil solicitações no Estado nos 12 meses de 2006.

Neste ano, somente em janeiro, mais de 9,5 mil trabalhadores demitidos requereram seguro-desemprego em MS. Em fevereiro, o número caiu para os 6.925 pedidos; em março voltou a 7.843 solicitações e, em abril, foram 6.908 solicitações, o que confirma o resultado de maio como o menor do ano.

Setores – De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, 1.196 trabalhadores demitidos dos setores da agropecuária, extração vegetal, caça e pesca entraram com pedidos de seguro-desemprego em maio no Estado, contra 1.486 pedidos realizados em igual mês do ano passado. De janeiro a maio deste ano, o saldo acumulado de solicitações por demitidos destes setores foi de 8.421 pedidos, número que representa alta de 20% sobre o total de 6.987 solicitações feitas nos cinco primeiros meses de 2006.

Entre os demitidos do comércio, 1.814 solicitaram seguro-desemprego em maio de 2007; em maio de 2006 haviam sido 2.286 pedidos. No acumulado de janeiro a maio deste ano, o saldo acumulado de solicitações do seguro por demitidos do setor é de 10.453, contra 11.106 pedidos de janeiro a maio de 2006. Segundo os dados do MTE, em maio deste ano, 1.783 demitidos do setor de serviços de MS entraram com pedido de seguro, enquanto somente 448 demitidos da construção civil solicitaram o benefício. Nos cinco primeiros meses deste ano foram registradas 2.281 solicitações de seguro realizadas por ex-funcionários da construção e mais 9.768 pedidos dos trabalhadores demitidos do setor de serviços do Estado.

 

 

Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP