Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 23 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Bullying: Alunos se agridem dentro da sala de aula em Vicentina

24 Jun 2010 - 07h28Por Washington Lima / Fátima News

Na tarde ontem, em Vila Rica , distrito de Vicentina, alunos da Escola Estadual Emanuel Pinheiro, se agrediram dentro da sala de aula e um deles acabou levando a pior saindo da briga com o supercílio cortado. 

 


Imediatamente a Diretora da Escola, Maria Divaldete,  solicitou os Policiais Militares que se deslocaram até a escola juntamente com a conselheira de plantão Marcia,  onde encontramos os adolescentes na sala da diretoria.

 

 

Segundo professor João Paulo,  que estava na sala de aula,  o menor M.  G.  N.  esta sempre andando na sala e mexendo com um e outro aluno e que ao dar dois tapinhas de brincadeira na cabeça do L.  S.  P.  o mesmo levantou e deu um soco acertando e cortando o supercílio direito de M.  G.  N. . 

 

 

Os pais dos mesmos foram avisados,  e os dois foram conduzidos juntamente com a conselheira ate o hospital local,  onde a vitima foi atendida pelo doutor Edison,  levando um ponto no supercílio e liberado,  sendo ambos entregues no 1° DP.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante