Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Brasileiro não espera o 13º para quitar dividas

10 Ago 2004 - 07h55
Quando o mundo da economia real melhora, alguns sinais rapidamente aparecem nas ruas. Um deles foi registrado, hoje, em números. O pagamento de dívidas bateu recorde em julho.

Pela primeira vez em oito anos, o brasileiro não esperou o décimo terceiro chegar e antecipou o pagamento das prestações atrasadas. Com isso, o comércio já espera um segundo semestre mais gordo.

Quase um milhão de brasileiros repetiram este gesto no mês de julho: quitaram dívidas ou colocaram em dia prestações atrasadas. O movimento, que surpreendeu os lojistas de todo o país, está relacionado à retomada econômica, diz o presidente do Serviço de Proteção ao Crédito, Edson Monteiro. “Nós temos aí três meses de aquecimento da economia, nesses três meses gerou mais postos de trabalho, gerou salário e que gerou o pagamento das dívidas das pessoas que estavam inadimplentes”.

Nos cinco meses em que ficou desempregada, Érica da Silva acumulou mil reais em dívida. Agora trabalhando como passadeira, ela quitou alguns carnês, renegociou prestações e limpou o nome. “Sensação ótima por ter o nome limpo na praça, a gente poder comprar em qualquer outro lugar”.

Em oito anos de pesquisa, essa foi a primeira vez que tanta gente limpou o nome em julho. Geralmente isso acontece entre outubro e novembro, por causa da primeira parcela do 13º salário. O comportamento atípico do consumidor já dá margem a previsões otimistas pra vendas de Natal.

“Isso sinaliza um crescimento de vendas e um acréscimo não só do poder de aquisição, quanto a própria indústria pode se preparar. Devemos ter um grande final de ano em relação à vendas”, confirma Édson.

 

Jornal da Globo

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Pesqueiro 7 Bello serve delicioso almoço com pratos típicos do peixe neste domingo em VICENTINA
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro