Menu
SADER_FULL
segunda, 27 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Brasileiro morto no Iraque é enterrado em MG

15 Jun 2007 - 17h06
O engenheiro João José Vasconcellos Júnior, que era funcionário da Construtora Norberto Odebrecht, foi enterrado às 16h sexta-feira (15), em Juiz de Fora (MG). Vasconcellos Júnior trabalhava no Iraque e estava desaparecido desde 2005.
 
Os restos mortais do engenheiro chegaram ao Brasil na quinta-feira (14). A identidade dele foi confirmada em exame realizado por peritos forenses, segundo informações do Itamaraty. Com o apoio da Embaixada do Brasil no Kuwait, foi providenciada a repatriação dos restos mortais.
 
O velório começou às 7h desta sexta-feira. O caixão do engenheiro foi coberto com a bandeira do Brasil.
 
 Buscas e contatos internacionais
Em entrevista ao G1, na tarde de quinta-feira, a família do engenheiro diz estar aliviada. "Soube da notícia há uma semana. Sei que ele foi levado para uma base de identificação no Kuwait e foi identificado pela arcada dentária", contou Isabel Cristina Vasconcellos Elkhouri, irmã do engenheiro. 
Em nota oficial, a construtora Odebrecht diz que desde o desaparecimento de Vasconcellos Júnior foram feitos inúmeros contatos, liderados pelo Itamaraty, com autoridades estrangeiras e organizações não-governamentais.
 
"A busca por informações foi desenvolvida de forma ininterrupta e em contato permanente com a família Vasconcellos", continua a nota da construtora. "Todas as iniciativas possíveis foram tomadas, com a cautela e a discrição necessárias, tendo em conta a natureza sensível do caso", segue a nota, que ao final diz que a Odebrecht "lamenta profundamente o triste desfecho do desaparecimento do nosso querido colega João Vasconcellos".
 
 Entenda o caso
O engenheiro trabalhava no Iraque na construção de uma usina elétrica. Ele desapareceu no dia 19 de janeiro de 2005 quando radicais islâmicos atacaram o veículo em que ele viajava perto da cidade de Baiji, a cerca de 180 quilômetros de Bagdá.
 
A captura do brasileiro foi reivindicada pelos grupos Brigadas Mujahidin e Exército de Ansar al-Sunna. No mesmo dia em que o engenheiro desapareceu outros dois funcionários que o acompanhavam, um britânico e um iraquiano, foram mortos por rebeldes.

 
 
G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda