SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 20 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
17 de Julho de 2004 09h54

Brasileirão tem doze jogos hoje válidos pela 16ª rodada

 

A 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol 2004 tem 12 jogos marcados para este sábado, com destaque para Vitória e Corinthians, no Barradão, em Salvador (BA), a partir das 15 horas (horário de Mato Grosso do Sul). No mesmo horário ainda tem Cruzeiro e Botafogo, no Mineirão, Internacional e Atlético-PR, no Beira Rio, Palmeiras e Grêmio, no Parque Antártica, e Paraná e São Caetano, no Pinheirão.

Às 16 horas está marcado o jogo Goiás e Guarani, no Serra Dourada, em Goiânia (GO), enquanto às 17 horas tem Flamengo e Juventude, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), e Fluminense e Santos, no Maracanã, no Rio (RJ). À noite, às 19h30, tem São Paulo e Figueirense, no Morumbi, Criciúma e Atlético-MG, no Heriberto Hulse, Ponte Preta e Vasco, no Moisés Lucarelli, e Coritiba e Paysandu, no Couto Pereira.

A última vez em que Corinthians e Vitória se enfrentaram culminou com a desclassificação do time paulista da Copa do Brasil. Na época, o técnico Oswaldo de Oliveira comandava a equipe do Parque São Jorge e chegou até a ser punido pela confusão do final da partida. Passados dois meses, agora o treinador está do outro lado com outros dois ex-corintianos: Edílson e Vampeta. As equipes lutam por três pontos na 16ª rodada do campeonato Brasileiro. E apesar de ter 21 pontos e ocupar a décima posição na tabela, o Vitória somou apenas quatro nas últimas três partidas, contra nove do Corinthians.

Aliás, os últimos jogos mudaram o clima no alvinegro, mas os jogadores sabem que não será fácil passar pelo adversário. “Os resultados nos deram confiança. Mas sabemos das dificuldades que vamos encontrar na Bahia. Não ficou nenhuma mágoa por termos perdido para o Vitória. O Oswaldo é uma grande pessoa, tenho carinho por ele. Mas infelizmente estamos do outro lado agora”, disse Fabinho. O técnico Tite tem praticamente a equipe definida. Sem poder contar com Anderson, suspenso, o comandante alvinegro mantém Wendel na zaga. A única dúvida é o meia Fábio Baiano.

O jogador treinou normalmente nesta sexta-feira, mas o treinador está cauteloso. Se o jogador não tiver condições, Edson entra na lateral-direita e Rosinei fica encarregado de armar as jogadas. No Vitória, o ex-corintiano Oswaldo de Oliveira tem três desfalques. Ele perdeu os laterais Pedro e Paulo Rodrigues, suspensos com o terceiro cartão amarelo. Os substitutos devem ser Carlinhos e Fabinho. Na zaga, Marcelo Heleno com uma contusão na coxa esquerda, é dúvida. Alex Silva pode ficar com a vaga. Já o goleiro Juninho, que recebeu uma pancada no joelho esquerdo na partida diante do Atlético-MG, reagiu bem ao tratamento e deve jogar.

Apesar dos problemas, a maior preocupação no time baiano é o ataque. Edílson, artilheiro do time com nove gols, não marca há cinco rodadas. Por isso, durante a semana, o treinador rubro-negro deu ênfase ao treinamento de finalizações dos atacantes. Fluminense terá um desafio e tanto neste sábado: vencer o Santos, o novo líder do Campeonato Brasileiro, que vem de sete vitórias consecutivas na competição. Para tirar a invencibilidade do adversário, o técnico Ricardo Gomes conta com o retorno do meia Roger, que cumpriu suspensão na derrota de terça-feira para o Juventude.

Mas o treinador também tem motivos para lamentar: além de não poder contar novamente com Ramon, que continua em recuperação de uma lesão muscular, Gomes também perdeu na véspera do jogo o zagueiro Rodolfo, liberado pela diretoria para resolver problemas particulares. O atacante Marcelo comemora o retorno de Roger, que mais uma vez será a referência do time carioca em campo e terá a missão de ditar o ritmo tricolor. O técnico Ricardo Gomes só não decidiu ainda se Roger jogará no meio-campo ou será novamente deslocado para o ataque.

Na opinião do camisa 10 tricolor, uma vitória sobre o líder servirá para o Fluminense ganhar confiança para o restante do campeonato. Mas o Santos está vacinado contra esse tipo de empolgação. O time paulista assumiu a liderança na última rodada e sabe que, enquanto estiver na frente, será o alvo predileto das outras 23 equipes do Brasileiro. “Agora, todos vão torcer contra o Santos. Mas estamos tranqüilos e esperamos apresentar um bom futebol. Nosso time está no caminho certo mas não ganhamos nada ainda. O campeonato é muito longo”, declarou o atacante Robinho.

 

 

Mídia Max

Comentários
Veja Também
HERBALIFE_300
FÁBRICA_CALÇADOS
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.