Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Brasil volta a discutir com Paraguai preço da energia

26 Mai 2010 - 09h30Por Agência Brasil

O Brasil inicia hoje em Assunção, no Paraguai, uma nova rodada de negociações sobre o aumento de preço da energia elétrica excedente gerada pelo país vizinho na usina de Itaipu. Atualmente, o Brasil paga US$ 120 milhões anuais por essa energia. O Paraguai quer aumentar o valor para US$ 310 milhões.

O assunto envolve alterações no Tratado de Itaipu, assinado pelos dois países em 1973. Pelo texto, o Brasil e o Paraguai têm o direito de usar o Rio Paraná para a produção de energia elétrica até 2023. O documento também obriga o Paraguai a vender o excesso de energia produzido pela empresa binacional Itaipu.

O aumento dos valores pagos pela energia excedente do Paraguai começou a ser discutido desde 2007. Desde então, o assunto já foi analisado por comissões binacionais formadas por técnicos e parlamentares dos dois países.

Hoje, segundo informações da agência oficial de notícias do Paraguai, o assunto será retomado por um grupo de parlamentares brasileiros liderados pelo presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, deputado Pepe Vargas (PT/RS). A contrapartida do Paraguai pelo aumento do preço da energia será a regulamentação das atividades dos chamados brasiguaios, agricultores brasileiros que vivem no país vizinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação