Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Brasil vence a Finlândia mais uma vez pela Liga Mundial

2 Jun 2007 - 10h42

O Brasil não teve dificuldade para vencer a Finlândia na manhã deste sábado, em Cuiabá. Com um time diferente, porém não menos determinado, a seleção brasileira triunfou na segunda partida da rodada da Liga Mundial por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/19 e 25/20. Invicto na competição, o Brasil se aproxima do tão almejado heptacampeonato e segue líder do grupo A da Liga Mundial

Bernardinho lançou em quadra uma equipe diferente que iniciou a primeira partida contra a Finlândia, em Cuiabá. No lugar de Bruninho, o experiente Marcelinho. Samuel deu lugar a Anderson. Na ponta, Minuzzi em vez de Murilo. Gustavo, que veio à equipe por emergência da posição, substituiu o novato Eder no meio-de-rede. Nalbert, Rodrigão e líbero Alan foram os únicos, do grupo que conquistou a vitória na última sexta-feira, que continuaram no time.

Gustavo, um paredão no meio-de-rede

Com uma seleção brasileira bem mais experiente, já que Gustavo, Anderson, Rodrigão e Marcelinho fazem parte da equipe hexacampeã da Liga Mundial, o Brasil entrou com muita moral em quadra. Logo no início da partida, não deu chances à Finlândia. Mesmo usando mais as pontas, um pedido de Bernardinho para dar ritmo aos ponteiros, Marcelinho soube distribuir bem as bolas.  Os atacantes ficaram praticamente sozinhos no ataque e, com o paredão Gustavo de volta, o bloqueio foi muito eficiente. Assim, a seleção fechou o primeiro set com facilidade: 25 a 15.

O segundo período não foi muito diferente do anterior. Muita facilidade dos brasileiros para trabalhar as bolas e pontuar no placar. Porém, o grande nome da parcial foi o gigante Gustavo. Mesmo fora de forma e sem ritmo de jogo, como ele mesmo já assumiu, o meio-de-rede fez jogadas rápidas e belos bloqueios. Com essa ajuda de peso, o Brasil venceu mais um set contra a Finlândia com muita tranquilidade: 25 a 19.

Mesmo sem Gustavo, já que Bernardinho optou em tirar o meio-de-rede e colocar o novato Eder, a seleção brasileira não perdeu a qualidade em quadra. Pois, nas quatro linhas, continuaram os feras Nalbert e Minuzzi. Thiago Alves fez sua estréia com a camisa verde-amarela, e não decepcionou. Com facilidade, a equipe hexacampeã da Liga Mundial finalizou o período, em 25 a 20, e a partida, em 3 sets a 0.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos