Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Brasil vai propor redução de tarifas aos membros da CPLP

21 Jul 2004 - 10h43
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer reduzir, e em alguns casos eliminar, as tarifas sobre produtos importados pelos países em desenvolvimento na África, a começar pelos membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). A proposta será levada pelo governo brasileiro para a 5ª Reunião de Cúpula da Comunidade, marcada para a próxima segunda-feira, em São Thomé e Príncipe , na África.

A idéia do governo brasileiro, segundo o embaixador Pedro Motta Coelho, diretor do Departamento da África do Ministério das Relações Exteriores, não é novidade. Segundo ele, o Brasil sempre defendeu essas assimetrias nas relações comerciais com os países desenvolvidos. “Isso não é nenhuma novidade e não vale só para o comércio”, ressalta Pedro Motta.

O governo brasileiro, que já havia doado US$ 500 mil ao governo de São Thomé e Príncipe para a realização da reunião de cúpula, desbloqueou US$ 650 mil que servirão para a implementação de acordos nas áreas de Saúde, Educação, Esportes e Agricultura.

O Brasil, que nos últimos dois anos exerceu a Presidência da CPLP, passará o comando para o governo de São Thomé e Príncipe.

Dentro do tema principal do encontro "Sociedade da Informação e sua Contribuição para a Boa Governança e Transparência", o governo brasileiro montará um Telecentro de apoio às discussões da 5° Cúpula da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

A experiência do Governo Eletrônico, que proporciona à população brasileira acesso aos serviços oferecidos na internet, chegará a São Tomé e Príncipe. O embaixador Pedro Motta informou que todos os computadores e equipamentos que o Brasil levará para a reunião de cúpula ficarão em São Thomé e Príncipe.

“São 20 computadores e dois servidores. Esse equipamento será doado para São Thomé e Cabo Verde, outro país africano que o presidente Lula visitará nesta terceira viagem que faz a África”, informou Pedro Motta.

 

 

Agência Brasil


Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça