Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Brasil quer reduzir mortalidade materna em 15% até 2007

28 Out 2004 - 15h26
O alto índice de mortalidade materna no Brasil preocupa a Organização Mundial de Saúde (OMS). Hoje, 74 mulheres morrem para cada 100 mil bebês nascidos vivos. Segundo a coordenadora da Área Técnica de Saúde do Ministério da Saúde, Maria José Araújo, o Brasil espera reduzir em 15% a taxa de mortalidade até 2007.

A coordenadora participa do debate "A Redução da Mortalidade Materna: Um Desafio", na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) em Brasília.

Entre as causas da mortalidade estão a hipertensão, as hemorragias durante o parto, infecções e abortos. A média de consultas de pré-natal é considerada boa, mas a qualidade do serviço médico prestado não tem a mesma avaliação.

Para conseguir a redução, o Ministério tem investido em recursos nas secretarias estaduais e municipais de Saúde, além de buscar a capacitação dos profisionais do setor.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho