Menu
SADER_FULL
quarta, 18 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Brasil quer reduzir mortalidade materna em 15% até 2007

28 Out 2004 - 15h26
O alto índice de mortalidade materna no Brasil preocupa a Organização Mundial de Saúde (OMS). Hoje, 74 mulheres morrem para cada 100 mil bebês nascidos vivos. Segundo a coordenadora da Área Técnica de Saúde do Ministério da Saúde, Maria José Araújo, o Brasil espera reduzir em 15% a taxa de mortalidade até 2007.

A coordenadora participa do debate "A Redução da Mortalidade Materna: Um Desafio", na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) em Brasília.

Entre as causas da mortalidade estão a hipertensão, as hemorragias durante o parto, infecções e abortos. A média de consultas de pré-natal é considerada boa, mas a qualidade do serviço médico prestado não tem a mesma avaliação.

Para conseguir a redução, o Ministério tem investido em recursos nas secretarias estaduais e municipais de Saúde, além de buscar a capacitação dos profisionais do setor.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy