Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Brasil passa fácil pela Argentina e conquista Copa América

16 Jul 2007 - 04h20
Contestada durante quase toda a Copa América-07, a seleção brasileira de Dunga levou a melhor sobre a favorita Argentina, ganhou por 3 a 0, neste domingo, em Maracaibo (Venezuela), e alcançou o oitavo título do país na história do torneio sul-americano.

Diferentemente do rival, que levou seus principais jogadores para a Venezuela, como Messi, Riquelme, Tevez e Crespo, o Brasil não contou com dois de seus melhores atletas, Ronaldinho e Kaká, que pediram dispensa alegando "cansaço" da última temporada.

Assim, o título praticamente repetiu a edição de 2004. Na ocasião, os argentinos não pouparam suas estrelas, enquanto os brasileiros, comandados por Carlos Alberto Parreira, entraram na competição sem Cafu, Roberto Carlos e Ronaldo. Após empate no tempo regulamentar, a equipe nacional conquistou o título na decisão por pênaltis.

O enredo não foi diferente nesta edição. Os vizinhos sul-americanos ganharam seus cinco compromissos anteriores e deram espetáculos em algumas partidas, arrancando inúmeros elogios. Já o Brasil chegou à decisão muito contestado, principalmente em seu esquema tático --chegou até a perder na estréia para os mexicanos.

No entanto, Dunga continuou priorizando a marcação. Quase sempre optou por uma equipe com três volantes --Gilberto Silva, Josué e Mineiro-- e esperava um Robinho iluminado em campo. Deu certo na maioria dos jogos. O atacante do Real Madrid se transformou em artilheiro, com seis gols, e sua defesa levou apenas cinco em toda a competição.

No duelo de hoje, as apostas de Dunga deram conta do recado e tiveram participação direta nos gols. Primeiro, Elano, seu "homem de confiança" e que substituiu o suspenso Gilberto Silva, lançou para Julio Baptista, que abriu o placar. Depois, o lateral-direito Daniel Alves, que começou no banco de reservas, cruzou para o gol contra de Ayala, ainda na etapa inicial, e fez o seu.

Além de um título logo em sua primeira competição oficial como treinador da seleção brasileira, Dunga comemora sua invencibilidade diante dos maiores rivais. Esse foi o segundo confronto e a segunda vitória --e sem sofrer gol. No primeiro, em setembro do ano passado, em Londres (ING), vitória por 3 a 0.

Enquanto os brasileiros atingiram seu oitavo título --antes, venceu em 1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999 e 2004, a seleção principal da Argentina vê seu jejum de títulos importantes aumentar a cada ano.

Apesar de, ao lado dos uruguaios, ser ainda a maior campeã do evento sul-americano, com 14 títulos, as rivais deste domingo não vencem desde 1993, quando ganharam a Copa América de 1993.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda