Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 18 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Brasil fica a uma derrota da terceira divisão da Davis

25 Set 2004 - 07h11
O rebaixamento para a terceira divisão da Copa Davis, que só passou perto do Brasil uma vez, parece iminente. Ronaldo Carvalho, segundo tenista do país a entrar em quadra, nesta sexta-feira, na Academia de Tênis de Brasília, perdeu para Ivan Miranda e deixou os peruanos com ampla vantagem no confronto válido pelo grupo 1 da Zona Americana.

EFE  
Ronaldo Carvalho jogou bem os três primeiros sets, mas cansou no fim
Miranda foi tranqüilo durante os cinco sets, chegou a estar perdendo por 2 a 1, mas teve frieza suficiente para superar Carvalho com parciais de 7-6 (8-6), 6-7 (6-8), 4-6, 6-3 e 6-1, em 3h50min de jogo. O resultado deixou o Peru com vantagem de 2 a 0 na série melhor-de-cinco partidas, podendo definir o confronto neste sábado, no jogo de duplas. Ao lado de Luis Horna, "Chino", como Miranda é conhecido em seu país, enfrenta Carvalho e Gabriel Pitta.

No primeiro jogo do dia, Pitta entrou em quadra com a missão de atacar o tempo inteiro contra Luis Horna, número 34 do ranking mundial. No entanto, só ofereceu resistência nos primeiros games e, depois, caiu diante do bom jogo de fundo de quadra do peruano.

Na segunda partida, Carvalho também entrou com o objetivo de ser agressivo, como havia pedido Carlos Alberto Kirmayr, o capitão do time brasileiro. Por isso, utilizou o recurso de saque-e-voleio, estilo de jogo que consagrou tenistas de ponta, como os norte-americanos John McEnroe e Pete Sampras.

A força de seu saque o ajudava a procurar o voleio, recurso que tradicionalmente não é utlizado por brasileiros, para fechar os pontos. E isso deu certo para o tenista anfitrião, apenas número 439 do ranking mundial, enquanto teve resistência.

Nos últimos dois sets, virou presa fácil para Miranda, que usou boa variedade de golpes para conseguir as passadas. Para piorar a situação, Carvalho não jogava bem quando o serviço ia para as mãos de Miranda. O peruano buscava o saque profundo para impedir o brasileiro de avançar à rede e, com isso, levava vantagem clara nas trocas de bola, já que o brasileiro não tinha boa movimentação na linha de trás.

O primeiro set foi um verdadeiro exemplo desse panorama de jogo. No primeiro game, Carvalho precisou salvar um break point para sair na frente e, depois, foi a vez de Miranda se livrar da quebra em três oportunidades. A partir daí, cada tenista dominou o seu serviço, não deixando que o adversário marcasse mais que um ponto.

Com esse equilíbrio, a decisão da série parou no tie-break. No desempate, o brasileiro começou melhor e conseguiu um mini-break no primeiro ponto. O troco de Miranda demorou e só aconteceu com uma dupla-falta de Carvalho, que seguia na frente com 5-4.

Em seguida, o brasileiro voltou a marcar no saque de Miranda e obteve dois set points. Ele, porém, desperdiçou as chances -a segunda depois de subir mal à rede. Com a virada de lado, o peruano aproveitou o momento de instabilidade de Carvalho e marcou dois pontos seguidos para fechar a série em 8-6.

Apesar da irritação que demonstrou ao fim do primeiro set, Carvalho não se deixou influenciar pelo mau momento. No terceiro game, caprichou nas devoluções de saque e conseguiu três break points. Na última chance, uma passada de "backhand" para receber o saque, lhe deu a primeira quebra do jogo.

A partir daí, Carvalho voltou a encaixar bem seus saques, sem dar nenhuma chance de "sobrevivência" ao adversário. Mas, no décimo game, falhou. Levou duas passadas na devolução e errou um voleio, cedendo três break points a Miranda. Ele salvou uma chance, mas voltou a errar na rede e teve o saque quebrado pela primeira vez.

Com cada tenista confirmando seu saque posteriormente, a decisão foi para o tie-break. Até a virada de lado, o jogo estava igual, e Miranda conseguiu o primeiro mini-break no sétimo ponto. Com vantagem de 5-3, o peruano cometeu dupla-falta e deu sobrevida a Carvalho, que aproveitou bem a falha do rival.

O brasileiro fez 6-5, mas afrouxou na devolução no primeiro set point que teve, mas, em seguida, aplicou um "winner" em uma devolução de saque de esquerda. No ponto decisivo, sacou bem para fazer 8-6 e empatar o jogo.

O nervosismo também não faltou no terceiro set, mas Carvalho esteve, na maioria das vezes, em vantagem. Nos quarto e sexto games, ele teve três break points, bem salvos por Miranda. No oitavo, ganhou mais duas oportunidades de quebra de saque e confirmou com um "winner" de esquerda, golpe que começava a acertar com mais regularidade.

Na hora de fechar a série, porém, Carvalho voltou a cometer erros. Teve um set point, perdido com uma passada de "forehand" de Miranda, que aproveitou para marcar mais dois pontos seguidos e devolver a quebra.

No décimo game, a aparente frieza de Miranda foi colocada à prova e levou a pior. Com dois erros não-forçados e uma dupla-falta, o peruano cedeu mais três set points. Na primeira chance, ganhou o ponto, mas, na segunda, voltou cometer dupla-falta e perdeu o set por 6-4.

O quarto set foi o que mostro a queda da resistência física dos dois tenistas. Após o terceiro game, quando perdia por 2 a 1, Miranda pediu atendimento médico. Recebeu massagem na panturrilha e voltou se movimentando melhor no fundo de quadra. Com isso, ganhou três games consecutivos, quebrando o serviço do brasileiro uma vez, e abriu vantagem de 4-2.

Aparentando cansaço, Carvalho também recebeu atendimento de fisioterapeuta após o sétimo game, mas não foi o suficiente para frear o peruano. Ele teve o saque quebrado mais uma vez no nono game, cometendo uma dupla-falta no ponto decisivo, e perdeu a série por 6-3.

No último set, Carvalho pouco teve forças para reagir e teve o serviço quebrado no quarto game. A partir daí, Miranda dominou o jogo completamente e obteve mais uma quebra para fechar a série em 6-1.
 
 
UOL Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINENSE DE CORAÇÃO
Após 30 anos dividindo palco, Erika Figueiredo aposta no solo e lança clipe, ASSISTA
SIAMESAS
Mulher dá à luz gêmeas siamesas de 3,700KG as duas
ACIDENTE DE TRABALHO
Homem morre ao ser puxado por colheitadeira quando fazia limpeza
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Cansada de apanhar mulher desfere golpes de faca em companheiro
POLICIAIS CORRUPTOS
PMs são denunciados por ligação com tráfico; bandidos fizeram foto em caveirão
NOVELA GLOBAL
Camilo descobre segredo de Chiclete e Vivi em 'A dona do pedaço'
LIBERADO
PIS/Pasep para nascidos em agosto já está liberado
ALUCIENÓGENO
Video: Vovó fica doidona ao provar acidentalmente maconha do neto
TARADO AGIU NA IGREJA
Homem é preso após abusar de criança de 4 anos dentro de igreja
CRUELDADE
Adolescente que estava desaparecido foi brutalmente assassinado e queimado