Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 17 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Brasil enfrenta nas oitavas a seleção mais violenta da Copa

26 Jun 2010 - 07h50Por Folha Online

Adversário do Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo, o Chile tem a seleção mais violenta da competição.

O time do técnico Marcelo Bielsa tem se notabilizado pelo jogo bonito e ofensivo, mas nenhuma outra equipe bateu tanto quanto a chilena na primeira fase.

A seleção sul-americana, que terminou o Grupo H na segunda posição, atrás da Espanha, lidera os rankings de faltas cometidas e também de cartões amarelos.

Os jogadores chilenos cometem em média 21 infrações por partida, uma a mais do que Austrália e Nova Zelândia, que aparecem logo na sequência. O Brasil ocupa a 18ª posição nessa classificação, com 14,7 faltas por duelo.

O jogo sujo dos chilenos vem sendo devidamente coibido pela arbitragem. Já foram distribuídos dez cartões amarelos e um vermelho aos atletas de Bielsa.

A truculência se mostrou eficiente nas três primeiras rodadas da Copa, mas causa problemas para o futuro do time.

O Chile sofreu dois gols até aqui e não tem a melhor defesa do Mundial. No entanto, conta com a retaguarda menos incomodada entre as 32 seleções --tem média de sete finalizações sofridas por jogo.

Por outro lado, a violência chilena custará três desfalques contra o Brasil, na segunda-feira, em Johannesburgo.

Os zagueiros Ponce e Medel já receberam dois cartões amarelos e terão que cumprir suspensão. O volante Estrada, expulso contra a Espanha, também está excluído da próxima partida.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido