Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 19 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

"Brasil é 2º maior produtor de alimentos", diz presidente da Ceasa

10 Nov 2010 - 13h24Por Embrapa
A abertura do 5º Simpan (Simpósio sobre Recursos Naturais e Socioeconômicos do Pantanal) teve a presença de Demétrio Vilagra, vice-prefeito de Campinas e presidente da Ceasa-Campinas (Centrais de Abastecimento). De origem pantaneira, ele lembrou que o Brasil é o segundo maior produtor de alimentos do mundo e por trás desse número está o trabalho da Embrapa.

Segundo Vilagra, a Ceasa de Campinas é a quarta maior do país. Responde pelo abastecimento alimentar de aproximadamente 500 municípios, principalmente dos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Comercializa 60 mil toneladas de produtos por mês.

"A sustentabilidade também é uma preocupação nossa. Por isso implantamos um sistema de  gestão de resíduos para reaproveitar cerca de 820 toneladas de lixo geradas pela atividade da Central", afirmou. Vilagra explicou que foi montada uma cooperativa que administra a coleta seletiva  de recicláveis. Além disso, ações de educação ambiental junto à comunidade e a compostagem de lixo orgânico complementam este sistema.

A Ceasa de Campinas desenvolve ainda todo o programa de merenda escolar da cidade. Este programa, que tem orçamento de R$ 53 milhões, abastece as escolas com 14 tipos de cardápios, produzidos por 900 cozinheiras.

10 ANOS

O jornalista José Pedro Martins, também de Campinas, lembrou em seu discurso na abertura do Simpan que há exatamente dez anos o Pantanal recebia da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) o título de Reserva da Biosfera. Ele atua na área ambiental e é autor do livro "Imagens do Brasil", que traz informações sobre os cinco biomas do país.

Martins lembrou também que estamos às vésperas de comemorar os 20 anos da Eco 92, a conferência das Nações Unidas para o meio ambiente e desenvolvimento, promovida em junho de 1992 no Rio de Janeiro. "Na Eco-92 foi estabelecida a Agenda 21, que é um guia com 40 capítulos sobre ações que devem ser desenvolvidas no Planeta para garantir a sustentabilidade. O Pantanal está ligado a todos os capítulos", afirmou.

O Simpan é uma realização da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ICS do Brasil (Instituto de Comunicação Social) e da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).Tem correalização da Prefeitura Municipal de Corumbá e patrocínio da Petrobrás. Apóiam a iniciativa o Centro de Tecnologia Mineral, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ministério da Ciência e Tecnologia, Prefeitura Municipal de Ladário, Universidade Uniderp, Hotel Gold Fish, Seher Turismo, Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá "Miguel Gomez" e Universidad Pública René Moreno do Governo Departamental de Santa Cruz/Bolívia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso
ATENTADO
Saiba quem é a mulher que empurrou padre Marcelo Rossi do palco
ASSALTANTES
Agricultor reage e mata dois ladrões que tentavam assaltar propriedade