Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Brasil criou um milhão de empregos formais no 1º semestre

16 Jul 2004 - 15h34
O ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, anunciou a criação de 1,03 milhão de empregos formais no país no primeiro semestre do ano, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. De acordo com o ministério, a alta no nível de emprego no primeiro semestre de 2004 é o melhor índice registrado desde 1992 quando o levantamento teve início. O ministro mostrou-se otimista com o número anunciado, afirmando que a geração de empregos formais em 2004 pode chegar a 1,8 milhão.

Berzoini disse que o processo de recuperação do nível de emprego foi “puxado” pelo agronegócio e pela exportação. Ele informou que, desde maio, ocorre uma melhora nas vendas de varejo e no consumo de bens não-duráveis e semiduráveis.

“Com a agregação de mais de um milhão de consumidores, porque estão trabalhando e estão recebendo salário, a expectativa é de que tenhamos uma melhoria muito significativa nos segmentos de alimento, calçadista e de vestuário, que podem sustentar a economia no segundo semestre”, afirmou.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat