Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Brasil comemora aumento de 40% na inclusão digital

30 Mai 2007 - 04h50
O número pontos de inclusão digital no Brasil aumentou cerca de 40% no último ano. Os dados são do mapa da inclusão digital, divulgado no início do mês de maio pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia(Ibict). A pesquisa foi apresentada durante o workshop "Mapeando a Inclusão Digital no Brasil: desafios e perspectivas", que contou com a participação do Ministério das Comunicações.



De acordo com um dos primeiros mapeamentos na área, realizado pela Unesco, entidade ligada à ONU (Organização das Nações Unidas), o Brasil tinha 12 mil pontos em 2005. A pesquisa do Ibict revelou que o número saltou para 16.722 em 2007, sendo 3.611 pontos do Gesac (Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão), do Ministério das Comunicações.



O ministro das Comunicações, Hélio Costa, promoveu uma grande reestruturação do Gesac, desde que assumiu a pasta, em julho de 2005. O novo contrato, em licitação, vai conectar mais 20 mil pontos. A meta é levar a conexão à internet banda larga a todos os 5.565 municípios brasileiros, incluindo comunidades indígenas, quilombolas, tribos, e periferias das grandes cidades. A prioridade é atender as escolas públicas federais, estaduais e municipais.

Mapa


Em um ano, foram pesquisados três mil municípios, levando em conta o terceiro setor e os governos federal e estaduais. O Nordeste foi a região que apresentou maior crescimento. Apesar dos bons resultados, o mapa ainda mostra diferenças entre a quantidade de pontos nas regiões do país. “Estamos trabalhando para reduzir estas desigualdades”, afirmou Hélio Costa.


A pesquisa também mostrou que cerca de 62% das iniciativas partem do governo federal. “Trata-se, realmente, do maior ator na inclusão digital”, diz a coordenadora técnica do Ibict, Anaiza Caminha Gaspar. A pesquisa inclui agentes públicos e privados. Segundo Anaiza, os projetos surpreendem em termos de competência e criatividade. “São iniciativas muito importantes, porque permitem que as comunidades falem com o mundo, por mais isoladas que sejam.”

 
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos