Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Brasil atinge patamar histórico em acesso a telefonia e internet

2 Set 2010 - 06h13Por Folha Online

O país atingiu patamares históricos no acesso da população aos serviços de telefonia (tanto fixo quanto móvel) bem como no acesso à rede mundial de computadores (internet), mostra um levantamento do IBGE.

A proporção de aparelhos de celular por habitante saltou de irrisórios 4,91 unidades por mil habitantes para 794 aparelhos a cada mil habitantes em 2008, crescendo 100% somente nos últimos quatro anos.

Houve uma evolução expressiva também no caso da telefonia fixa, mas em um ritmo menos agressivo. Entre 1994 e 2008, a proporção de aparelhos por mil habitantes avançou de 86 para 306, sendo que foram precisos dez anos para que a proporção dobrasse.

O acesso à internet também aumentou, mas ainda de maneira insuficiente: menos de um quarto (23,8%) dos domicílios permanentes do país, em 2008, tinham acesso à rede mundial de computadores --o equivalente a 13,7 milhões de casas. Em 2001, essa proporção era de 8,6%, dobrando somente em 2006.

Os dados do IBGE mostram ainda a permanência das disparidades regionais. São justamente as regiões e os Estados mais pobres que possuíam os piores indicadores --abaixo da média nacional-- de acesso aos serviços de telefonia e de Internet. Em 2008, havia uma proporção de 610 aparelhos de celular por mil habitantes na região Norte, sendo que no Pará essa taxa era de 543.

No caso da telefonia fixa, as regiões Norte e Nordeste tinham as piores taxas do país (apenas 171 pontos de acesso a cada mil habitantes) no ano de 2008, pouco mais da metade da taxa verificada na região Sudeste (208 pontos de acesso por mil habitantes), por exemplo. Os Estados do Pará e do Maranhão possuíam os níveis mais baixos de acesso do país: 140 e 120 pontos/mil habitantes, respectivamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes