Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Botulismo mata 150 animais em MG

6 Set 2007 - 11h15

Um laudo da Universidade Estadual Paulista apontou o botulismo como causa da morte de metade dos bois de um confinamento em João Pinheiro (MG). Os 150 animais mortos foram colocados em uma vala e serão incinerados.

Para identificar a causa da mortandade, amostras foram enviadas para três laboratórios. O laudo de um deles confirmou a toxina botulínica como causa da morte do gado. Mas falta ainda saber como os animais contraíram a doença.

Gustavo Diniz, veterinário responsável pelo confinamento, descarta o uso de cama de frango, uma mistura de serragem, fezes e ração de aves que é proibida pelo Ministério da Agricultura e pode conter a toxina que causa botulismo. “A alimentação usada para esse gado era silagem de milho misturada com silagem de sorgo”, afirma.

De acordo com o Instituto Mineiro de Agropecuária, por enquanto a fazenda continua interditada. “Por pelo menos 30 dias, a gente vai acompanhar, observar, fazer relatório para ver se vai surgir mais algum caso ou não”, diz Altino de Deus Filho, chefe do instituto.

O dono do rebanho suspeita que a contaminação tenha ocorrido devido à ingestão de um suplemento mineral.

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade