Menu
PASSARELA
quarta, 18 de julho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Bombeiros encontram dois corpos soterrados em Pernambuco

18 Out 2004 - 13h52
As equipes de resgate encontraram, na manhã desta segunda-feira, mais dois corpos nos escombros do edifício Areia Branca, que desmoronou na noite da última quinta-feira em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. Segundo os bombeiros, os corpos só poderão ser identificados após exames no Instituto de Medicina Legal.Os corpos foram achados na rampa do subsolo do prédio que servia de entrada dos veículos. Até então, as três pessoas que permaneciam soterradas eram Cícero Tenório da Silva Júnior e Ivanildo Martins dos Santos, ambos com 21 anos e funcionários da empresa Jatobeton, e o bombeiro Alcebíades Cunha, 35 anos, que trabalhava como segurança do prédio.

A primeira vítima encontrada foi o porteiro do edifício, Antônio Félix dos Santos, de 38 anos. O corpo dele foi encontrado na manhã da sexta-feira.

O número de máquinas usadas na operação de resgate foi reforçado nesta segunda-feira. Agora são doze caminhões fazendo o transporte dos entulhos e seis retro-escavadeiras trabalhando na remoção dos escombros.

Parentes das vítimas se queixam da demora na retirada dos escombros. Desde o início da operação, ainda na noite de quinta-feira, apenas 40% do entulho foi retirado. De acordo com o diretor de Operações do Corpo de Bombeiros, Coronel utra, a retirada total dos entulhos deve demorar ainda entre dez e doze dias.

Para o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Ricardo Santana, o trabalho de resgate não pode ser feito com pressa, mas sim com segurança para as pessoas que ainda estão soterradas.

- Temos que trabalhar com segurança para causar o menor dano às vítimas que estão sob os escombros - disse, completando que ainda acredita ser possível achar sobreviventes.

As famílias que moravam no Areia Branca acompanham o trabalho de remoção dos entulhos em busca de encontrar algum pertence. Segundo a agente de viagem Alda Rizuto, a espera é por algum objeto da história familiar:

- O principal é encontrar fotos e objetos de valor sentimental, pois os objetos materiais já sabemos que perdemos tudo.

Os moradores de um dos prédios vizinhos puderam entrar no local por 15 minutos, no domingo, para retirar alguns pertences. A estudante Roberta Leite disse que conseguiu retirar roupas e um celular "para manter contato com a família". Já as famílias do Solar da Piedade, prédio mais danificado, não puderam entrar.

O governo estadual contratou três engenheiros para avaliar se os edifícios vizinhos correm risco de desabar. De acordo com Gilsy Brasileiro, um dos engenheiros, o trabalho de perícia inicial concluiu que houve danos em alguns apartamentos, mas não na estrutura central dos prédios.

Por precaução, foi determinado que os moradores só poderão retornar aos imóveis até que se esclareça porque o Areia Branca caiu.

- Uma palavra final só será possível depois da remoção de todo o escombro e uma análise da estrutura e do solo -explicou Gilsy Brasileiro.

 

 

Globo Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro