Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 14 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Bombeiros confirmam 160 mortos no acidente da TAM

18 Jul 2007 - 13h53

As equipes do Corpo de Bombeiros retiraram, até as 11h30 (horário de Mato Grosso do Sul) desta quarta-feira (18), 157 corpos de vítimas do acidente do vôo JJ 3054 da TAM, que se chocou com um prédio próximo ao Aeroporto de Congonhas na noite de terça-feira (17). Com isso, sobe para 160 o número de mortos confirmados no desastre. Deste total, três pessoas morreram em hospitais, segundo o coronel Manoel Antonio da Silva Araújo, do Corpo de Bombeiros.

O IML (Instituto Médico Legal) orienta parentes de vítimas a procurarem a equipe que está no salão de autoridades do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. A recomendação é que eles levem o maior número possível de documentos e informações que possam facilitar a identificação das vítimas. Os dados recebidos pela equipe de Congonhas serão cruzados com os resultados das necropsias realizadas no IML Central. Se houver informações convergentes, os parentes serão chamados para fazer o reconhecimento da vítima.

Caixa-preta

O Comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, telefonou hoje para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para informar que a caixa-preta do avião da TAM - que caiu ontem na região de Congonhas, na zona sul de São Paulo - já foi enviada para análise aos Estados Unidos. O avião transportava 186 pessoas.

Contando com as vítimas em solo, o número de mortos pode chegar a 200 pessoas, no pior acidente da história da aviação brasileira, e o mais grave dos últimos cinco anos no mundo. A caixa-preta do vôo 3054, que veio de Porto Alegre, será analisada pela NTSB (National Transportation Safety Board), a agência de segurança de vôo dos EUA. Esse é o mesmo órgão que analisou a caixa-preta do Boeing da Gol, que caiu em setembro passado após se chocar com um jato Legacy, deixando 154 mortos.

A expectativa é que a análise da caixa-preta possa ajudar nas investigações sobre a causa do acidente e descobrir os motivos que levaram o Airbus A-320 da TAM a, supostamente, derrapar ao pousar na pista principal do aeroporto de Congonhas, atravessar a avenida Washington Luís e atingir o prédio da TAM Express e um posto de combustíveis. Pelo menos 14 pessoas, que estavam dentro do prédio, também morreram, além dos passageiros e tripulantes do vôo 3054.

O presidente Lula determinou ao ministro da Justiça, Tarso Genro, que a PF (Polícia Federal) investigue se houve irregularidades na entrega das obras realizadas no aeroporto de Congonhas. A Aeronáutica deve realizar perícia para determinar as causas do acidente, enquanto a Polícia Federal vai analisar as condições da pista do aeroporto de Congonhas.

"Por determinação do presidente, o ministro Tarso Genro solicitou ao diretor-geral da Polícia Federal [Paulo Lacerda] que instaure inquérito policial para apurar se a pista do aeroporto de Congonhas foi entregue pela autoridade pública para uso das aeronaves dentro das normas técnicas e legais de segurança", diz nota divulgada por Tarso.

Resgate

As equipes do Corpo de Bombeiros retiraram até as 9h (horário de Mato Grosso do Sul) desta quarta-feira (18) 105 corpos de vítimas do acidente do vôo JJ 3054 da TAM. Até as 8h30, 83 corpos haviam chegado ao IML (Instituto Médico Legal), dos quais 51 passaram por perícia e três foram identificados: João Francisco Caltabiano, Fábio Martinho Novakoski Fernandes Velose e Osvaldo Luiz de Souza.

O IML orienta parentes de vítimas a procurarem a equipe que está no salão de autoridades do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. A recomendação é que eles levem o maior número possível de documentos e informações que possam facilitar a identificação das vítimas. Os dados recebidos pela equipe de Congonhas serão cruzados com os resultados das necropsias realizadas no IML Central. Se houver informações convergentes, os parentes serão chamados para fazer o reconhecimento da vítima.

Reaberto

O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, abriu às 5h27 desta quarta-feira (18) para operar apenas com a pista principal, de acordo com a assessoria de imprensa da Infraero. Por volta das 7h ocorreu a primeira decolagem. Passageiros de cinco vôos foram chamados para embarcar e os painéis de informação estão desligados. A Infraero, no entanto, havia informado que todos os pousos e decolagens na manhã desta quarta-feira (18) estavam cancelados. Segundo a Infraero, o aeroporto deveria permanecer fechado até o meio-dia.

As filas do check-in do foram reabertas às 4h. Às 4h50, o movimento era tranqüilo no saguão do aeroporto. As filas eram curtas e os check-ins, feitos rapidamente. A TAM informou que 19 decolagens previstas para esta quarta-feira (18) foram canceladas.

Plano

Na manhã desta quarta-feira, o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, vai se reunir com o presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, para definir as ações no aeroporto. De acordo com a assessoria de imprensa da Infraero, ainda na manhã desta quarta essas ações devem ser anunciadas.

No momento, a Infraero orienta todos os passageiros a procurarem o serviço de atendimento das empresas aéreas para orientações e remarcação de vôos. Algumas empresas já disponibilizam em seus sites informações sobre remanejamento e cancelamento de vôos.

Desastre

Um avião da TAM com 176 pessoas a bordo derrapou na pista do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, atravessou a Avenida Washington Luís e bateu em um prédio de carga e descarga da companhia aérea. A aeronave, um Airbus A320, vôo JJ 3054, partiu de Porto Alegre, às 16h16 desta terça-feira (17), e chegou a São Paulo às 17h45. O acidente é o maior da aviação no país.

Entre os nomes já confirmados de passageiros que estavam no vôo estão os do deputado Julio Redecker (PSDB-RS) e do advogado do Corinthians e ex-presidente do Internacional, Rogério Amoretty. A TAM divulgou ainda nomes dos funcionários que estavam no vôo e também daqueles que estavam no terminal de cargas que fica na avenida Washington Luís.

Segundo o governador de São Paulo, José Serra, última coisa que o piloto do vôo JJ 3054 da TAM disse para a torre de controle foi "vira, vira, vira". "Ele estava muito veloz para ter pulado a avenida sem bater nos postes. Ele quase caiu em cima da casa", disse Serra. "A parte visível do avião se desfez com o incêndio e com o choque".

Lista

A TAM divulgou, na manhã desta quarta-feira (18), comunicado informando que o Airbus que sofreu acidente em São Paulo levava 186 pessoas _a informação anterior é que 176 estavam a bordo. A aeronave derrapou na pista do Aeroporto de Congonhas, na noite de terça-feira (17), atravessou uma avenida e bateu em um prédio de carga e descarga da companhia aérea, causando explosão e incêndio.

As equipes do Corpo de Bombeiros tinham retirado, até as 7h20, 90 corpos de vítimas do acidente do vôo JJ 3054. Veja a íntegra da nota da TAM: "De acordo com os últimos levantamentos feitos pela TAM, a aeronave que realizou o vôo JJ 3054 transportava 162 passageiros; 18 funcionários da empresa e seis tripulantes (dois comandantes e quatro comissários), totalizando 186 pessoas a bordo.

PASSAGEIROS DO VÔO 3054:

ADELAIDE MOURA
ALANIS ANDRADE
ALEJANDRO CAMOZZI
ALEXANDRE GOES
ANA CAROLINA CUNHA
ANDERSON CASSEL
ANDRE DONA
ANDREA SEICZKOWSKI
ANGELA HAENSEL
ANTONIO CARLOS ARAUJO DE SOUZA
ARTHUR QUEIROZ
ATILIO SASSA BILIBIO
BRUNA DE VILLI CHACCUR
BRUNO FERRAZ
BRUNO NASCIMENTO
CAIO FELIPE CUNHA
CARLA FIORATTI
CARLOS ALBERTO ANDRIOTTI
CARLOS ROCKEMBACK
CARMEN LUISA VICTORIA FONSECA
CATILENE OLIVEIRA
CHRISTINE SOUZA
CIRO NUMADA
CLAUDEMIR ARRIERO
DECIO TEVOLA
DEMETRIO TRAVESSA
DENILSON LOPES COSTA
DEOLINDA MAGALY VICTOR FONSECA
DOUGLAS TEIXEIRA
EDMUNDO SMITH
EDUARDO MANCIA
ELCITA RAMOS
ELENILZE FERRAZ
ELIANE DORNELLES
ELIDA DEMBINSKI
EMERSON FREITAG
ENRICO SHIOHARA
ESIO FREITAS
FABIANA AMARAL
FABIANO ROSITO MATOS
FABIO BALSELLS
FABIO MARQUES
FABIO VELLOZA
FATIMA SANTIAGO
FELIPE FRATEZI
FERNANDO ANTONIO LARO OLIVEIRA
FERNANDO MARQUES
FERNANDO PESSOA
GABRIEL CORREIA PEDROSA
GILMAR TENORIO ROCHA
GOTTFRIED TAGLOEHNER
GUILHERME MORAES
GUILHERME PEREIRA
GUSTAVO MARTINS
HELOIZA HELENA LOPES
HEURICO TOMITA
INES MARIA KLEINOWSKI
IVALINO BONATO
IVANALDO CUNHA
JAMILLE LEAO
JANUS SILVA
JAQUELINE DIAS
JOAO BRITO
JOAO CALTABIANO
JOAO VALMIR
JOSE A FLORES AMARAL
JOSÉ LIMA LUZ
JOSÉ PINTO
JULIA CAMARGO
JULIA ELIZABETE GOMES
JULIO CESAR REDECKER
KATIA ESCOBAR
KATIANE LIMA
JOSE CARLOS PIERUCETTI
LARISSA FERRAZ
LEILA MARIA OLIVEIRA DOS SANTOS
LEVI LEÃO
LINA BARBOSA CASSOL
LISIANE SCHUBERT
LUCAS PALOMINO MATTEDI
LUCIANA SIQUEIRA LANA ANGELIS
LUIS SCHNEIDER
LUIZ BARUFFALDI
LUIZ LUZ
MARCELO MARTHE
MARCELO PALMIERI
MARCELO PEDREIRA
MARCELO STELZER
MARCIO ALEXANDRE DE MORAES
MARIA ELIZABETE CABALLERO
MARIA ISABEL GOMES
MARIANA PEREIRA
MARIANA SELL
MARIO GOMES
MARLI PEDRO SANTOS
MARTA ALMEIDA
MELISSA ANDRADE
MERY VIEIRA
MIRTES SUDA
NADIA MOYSES
NADJA SOCZECK
NELLY PRIEBE
PAULO CASSIANO FELIZA OLIVEIR

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP