Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Bombeiros buscam desaparecidos em desabamento

15 Out 2004 - 08h12
Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Pernambuco ainda trabalha na busca a três desaparecidos no desabamento de um prédio de 12 andares na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana da capital pernambucana. A caixa d'água do prédio, que provocou o desmoronamento, está intacta em cima dos escombros e ameaça cair a qualquer momento.

O prédio caiu por volta das 20h30 de quinta, horas depois que uma equipe da Comissão de Defesa Civil (Codecipe) constatou uma fissura na caixa d'água e rachaduras nas pilastras. Segundo o telejornal Bom Dia Brasil, a Defesa Civil havia informado, antes do desastre, que a fissura na caixa d'água não havia comprometido a estrutura do prédio. No entanto, vários moradores desocuparam o edifício, mas, segundo o tenente-coronel Marcos Antônio, oito ou nove pessoas estariam no Edifício Areia Branca no momento em que o imóvel desabou.

Nesta manhã, além de procurar o porteiro Antônio Fêlix dos Santos, 38 anos, e mais dois homens que estariam trabalhando numa obra no momento da queda, os bombeiros trabalharão na retirada da caixa d'água de forma a não causar um novo desastre. Eles pretendem removê-la para para o lado da rua, e não para o lado dos prédios vizinhos, para que, se cair, ela não provoque novos danos.

Outros dois operários conseguiram escapar do desabamento, mas, quando saíram correndo pela rua, foram atropelados na frente do edifício. Eles foram internados no Hospital Getúlio Vargas, no Recife.

O edifício Areia Branca, na Avenida Bernardo Vieira de Melo, tinha 24 apartamentos e foi construído há quase 28 anos. Ele vinha apresentando problemas há alguns dias.

Os feridos Jorge Severino dos Santos, 33 anos, e José Inácio de Santana, 42, foram levados ao Hospital da Restauração, em Recife. Eles sofreram ferimentos na cabeça e Jorge Severino estaria também com suspeita de fratura no braço.

Os moradores do Areia Branca devem se reunir até o final de semana para decidir qual atitude devem tomar em relação ao desabamento do prédio.

O edifício foi o quinto a cair na região metropolitana do Recife nos últimos sete anos.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho