Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 21 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Bombas matam pelo menos 85 em cidade iraquiana de Kirkuk

16 Jul 2007 - 09h25
Pelo menos 85 pessoas foram mortas nesta segunda-feira,16, em Kirkuk, norte do Iraque, pela explosão coordenada de um caminhão-bomba e um carro-bomba em zonas movimentadas da cidade, segundo a polícia.

O caminhão explodiu em um mercado lotado de Kirkuk. Já o carro estava estacionado em uma rua movimentada quando foi detonado. Mais de 180 pessoas foram feridas no ataque. A polícia diz que o número de vítimas pode continuar subindo.


Ao sul de Bagdá, milhares de soldados dos Estados Unidos ocuparam um suposto bastião da Al-Qaeda iraquiana, que estaria servindo de apoio para militantes que lutam na capital, de acordo com os militares.

O caminhão-bomba explodiu em um mercado perto de um diretório da União Patriótica do Curdistão, o partido do presidente do Iraque, Jalal Talabani.

Um cinegrafista da Reuters presente no local disse que a explosão espalhou corpos pelo mercado, incendiou dezenas de carros e fez com que passageiros de um ônibus morressem queimados dentro do veículo.

O carro-bomba, segundo a polícia, explodiu em um bairro chamado Iskan, perto de lojas e de uma garagem de ônibus, informou a polícia, acrescentando que o intervalo entre as duas explosões foi de alguns minutos.

Forças dos EUA e iraquianas lançaram uma série de grandes operações desde a chegada, no mês passado, dos últimos 28 mil soldados adicionais que o presidente norte-americano, George W. Bush, decidiu enviar ao Iraque.

O objetivo é conter a violência entre a maioria xiita e a minoria sunita, que deixa o país à beira de uma guerra civil, e também dar tempo para que o primeiro-ministro xiita, Nuri Al Maliki, promulgue leis que estabeleçam a divisão de poderes e riquezas no país.

Muitos norte-americanos querem que os soldados voltem logo para casa, e influentes políticos do Partido Republicano, de Bush, se rebelaram contra o governo e agora pedem uma outra estratégia na guerra.

Mas Bush diz que não mudará a rota antes de receber, em setembro, um relatório do comandante militar dos EUA no Iraque, general David Petraeus, e do embaixador norte-americano em Bagdá, Ryan Crocker.

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Com quadro de AVC, Agnaldo Timóteo é internado na Bahia
MONSTRUOSIDADE
Pai bate em bebê até a morte por ela ter nascido menina
HOMICIDIO - MISTÉRIO
Filho de 9 anos encontra pai morto no banheiro de casa
REENCONTRO
Filhos reencontram mãe em asilo depois de 54 anos
EXPLORAÇÃO SEXUAL
Casal é preso por abusar sexualmente de 14 adolescentes, atraídos por emprego
LESÃO CORPORAL
Com ciúmes, mulher queima marido com ferro de passar
FORAGIDOS
Homens encapuzados incendeiam ônibus do transporte coletivo
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta versões de Creme Acetinado da perfumaria de Botica 214 em Fátima do Sul
CAMPO BELO RESORT - FERIADÃO DE JUNHO
Campo Belo Resort com pacote especial para o feriadão de Corpus Christi, confira e faça sua reserva
MÁ SORTE
Morador do PR diz ter acertado os números da Mega-Sena acumulada, mas caixa não registra cartão