Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Bolívia faz reunião de emergência após veto da Fifa à altitude

28 Mai 2007 - 09h30
O presidente da Bolívia, Evo Morales, convocou uma reunião emergencial para esta segunda-feira após a decisão da Fifa de proibir jogos internacionais acima de 2.500 metros de altitude, no domingo.

A decisão da federação internacional atinge a seleção da Bolívia, que tinha vantagem de jogar suas partidas pelas eliminatórias da Copa do Mundo a 3.600 metros acima do nível do mar, na capital La Paz.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse no domingo que o comitê executivo da entidade havia decidido agir nessa questão após uma proposta de seu conselho médico.

"Vamos realizar uma reunião emergencial nesta segunda-feira para tratar a questão do futebol", disse Morales à agência de notícias estatal, ABI.

A Bolívia conquistou no passado vitórias históricas sobre Brasil e Argentina em Laz Paz, e terminou como vice-campeã da Copa América de 1997, que foi realizada no país.

A decisão da Fifa também atinge o Equador, que classificou-se para as duas últimas Copas do Mundo graças a vitórias conquistadas em Quito, a 2.800 metros de altitude. O Equador está invicto em casa há quase seis anos.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS