Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

BNDES quer financiar investimentos em MS

8 Ago 2007 - 16h13

Um programa do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) de incentivo a ações de responsabilidade social empresarial pode financiar investimentos em Mato Grosso do Sul.

O diretor de Áreas de Inclusão Social e de Crédito do Banco, Elvio Lima Gaspar, relatou neste fim de semana em Bonito, que existe uma linha de crédito para programas que minimizem impactos sociais negativos da implantação de grandes empresas, como a favelização. No Rio de Janeiro e em Pernambuco já existem projetos em andamento.

Respondendo a questionamento do secretário de Habitação de Mato Grosso do Sul, Carlos Marun, Elvio Gaspar disse que é possível o banco contribuir na questão da expansão das usinas no Estado. Elvio citou a existência de financiamento com juros baixos (somente TJLP) para programas de redução do efeito que um grande empreendimento causa no território onde é instalado.

“Grande parte da mão-de-obra usada pra implantação de um grande negócio não é aproveitada na operação. Muitas vezes esses trabalhadores permanecem na região, sem emprego, sem habitação”, ele relatou. O financiamento para ações de responsabilidade social visa prevenir essa situação, para que o projeto implantado seja de crescimento e desenvolvimento, sem comprometer as condições sociais.

A experiência já acontece na região do Porto de Suape (Pernambuco) e no município fluminense de Itaboraí, onde o governo federal lançou o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, uma obra de mais de R$ 6 bilhões.

Evio Gaspar disse que existe para essas duas regiões um planejamento para implantação de um Plano Diretor de Desenvolvimento, envolvendo melhoria das condições de serviços como transporte e saneamento.

“Nós procuramos ‘ir junto’ com o projeto, e financiar investimento social de forma simultânea”, explicou o diretor do BNDES. Ele foi um dos palestrantes na Reunião de Governadores do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração do Sul), que reuniu os governadores André Puccinelli, Yeda Crusius (RS), Roberto Requião (PR) e o vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan.
   
Com assessoria

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento