Menu
SADER_FULL
sábado, 22 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Belluzzo quer técnico “que administre o elenco”

20 Mai 2010 - 05h35Por Blog do Boleiro

Um técnico com boa capacidade de administração do elenco, que se encaixe no Palmeiras. Segundo o presidente palmeirense Luiz Gonzaga Belluzzo, esta é a definição do perfil treinador que vai suceder Antonio Carlos Zago, demitido nesta terça-feira.

O Blog do Boleiro conversou com o dirigente nesta quarta-feira, por volta das 11h00 da manhã. Belluzzo ainda não tinha ido à Academia de Futebol, onde deu entrevista coletiva. Nem havia anunciado o desligamento do meia baiano Marquinhos, fato não confirmado oficialmente até às 17h00 de hoje.

Mas já mostrava o firme propósito de preservar o grupo e de não manchar o nome de atletas que, segundo ele apurou, não deveriam ser envolvidos no episódio ocorrido na madrugada e na manhã de segunda-feira. Na ocasião, três jogadores teriam retornado ao hotel duas horas depois do limite estipulado por Zago.

O fato virou discussão entre o técnico e o atacante Robert, no ônibus da delegação que seguia para o aeroporto. Os rumores eram de que os dois tinham brigado, o que foi desmentido por Antonio Carlos. O jogador teve o contrato rescindido.

O Blog do Boleiro começa a entrevista pelo seu final, quando Belluzzo falou sobre o futuro: quem será o novo técnico e se o clube está atrás de reposição para os jogadores que saíram recentemente.

Blog do Boleiro – O Palmeiras ficou sem Diego Souza, Robert e sem treinador. Como suprir estas vagas?
Luiz Gonzaga Belluzzo –
Estamos tratando de trazer jogadores e vamos ter que trazer um técnico. Mas isso vai ser feito no momento e no tempo adequado para os profissionais que estão disponíveis no mercado.

O primeiro nome citado na mídia é o de Luiz Felipe Scolari.
Citado por quem? Ninguém falou comigo ontem sobre este assunto. Estamos vendo nossas opções, mas não acho prudente ficar falando. 

O assessor de imprensa de Scolari disse que ele só viria depois de esgotar possibilidades com clubes europeus.
Quem disse foi o Acaz (Fellegger)? Ele é o assessor de imprensa do Luiz Felipe Scolari. Deve saber mais dele do que eu. É normal que se especule nomes, como é normal que eu me resguarde e não fale de nossas preferências, nossos contatos.

Depois de três treinadores demitidos (Luxemburgo, Muricy e Antonio Carlos), não se pode errar.
Quem não pode errar é Deus e não sou candidato a esta posição. Posso tentar acertar, encontrar um treinador que se encaixe no Palmeiras, que tenha boa capacidade de administrar o elenco. Você veja, nós tivemos o Vanderlei Luxemburgo e o Muricy e a coisa não funcionou. Qual foi o desempenho do Vanderlei? Eu não digo isso para desgastar a imagem do treinador, nunca fiz isso e não farei. Mas às vezes não funciona.

Pessoalmente, como o senhor se sente depois dos últimos acontecimentos?
Estou bem. Isso é normal no futebol. Acontece toda hora. Se você se incomoda com isso, não controla as situações. É preciso tomar decisões. Não pode sair do controle. É um momento de rearranjar tudo. O Palmeiras é clube ansioso, carente de títulos. Foi campeão paulista em 2008 e perdeu o Brasileiro do ano passado do jeito que perdeu. É preciso ter cabeça fria, decidir desta vez tentando não errar.

Antes, no início da conversa, o presidente palmeirense defendeu o elenco e se irritou quando foi perguntado se os fatos recentes teriam causado “arranhões” à instituição Palmeiras. E garantiu: “Este episódio (envolvendo Antonio Carlos e Robert) já está encerrado”.

Blog do Boleiro – O que o senhor tem a dizer sobre os fatos ocorridos nos últimos dois dias?
Belluzzo –
São coisas que acontecem no futebol. O problema são as versões e o vazamento. Não tomamos nenhuma decisão se ouvir todos os lados, com cuidado e muita calma. Os casos mais óbvios (Antonio Carlos e Robert) já foram tratados. Não gosto de fofocas, de informações infundadas que envenenam o ambiente. Isso mostra deslealdade e não gosto de deslealdade. Estamos tratando disso com energia, mas não adianta eu aparecer como um cara imponente e depois cometer uma gafe.

Este episódio dos jogadores que saíram e chegaram depois do horário determinado, mais outros como o de Vagner Love e Mancha Alviverde ou Diego Souza e Turma do Amendoim não arranham a imagem da instituição Palmeiras?
A instituição arranhada? Como pode estar arranhada? Quando você vai ao Café Photo (uma casa noturna de São Paulo), isso arranha a imagem da instituição para quem você trabalha? Houve um caso de desobediência às regras do clube e isso merece um cuidado de nossa parte. Não existe punição preventiva no direito moderno. Não se pode punir antes de se desrespeitar uma regra.

Bom, não vou ao Café Photo mesmo.
Nem eu.

Mas o clube fica envolvido com casos de brigas, atrasos, isso não é ruim para o Palmeiras?
A instituição fez o que tinha que fazer para manter o equilíbrio entre diretoria e jogadores. Passamos o dia de ontem todo ouvindo as pessoas, separando o joio do trigo. O que aconteceu aqui pode acontecer em outro clube. Agora, isso não podia ter sido divulgado do jeito que foi. Isso acabou envolvendo jogadores que não fizeram nada.
Precisamos proteger os jogadores deste tipo de infâmia. Outros foram levianamente acusados de coisas que não fizeram. Sabemos o que aconteceu.

Vou relatar ao senhor a história como foi divulgada nos meios de comunicação e o senhor pode esclarecer o que não é verídico?
Não vou fazer isso. Tenho minha versão, minhas informações e isso diz respeito à economia interna do clube. Não vou ficar falando em cima de fatos inventados. Você deveria ouvir suas fontes.

Mas estou ouvindo o senhor, presidente do Palmeiras.
Uma coisa é clara: certas regras têm que ser obedecidas. Se não são, existe punição. Se você acha que a instituição está comprometida, não tem noção da realidade. Este caso está encerrado. Não podemos expor ninguém. Nos dedicamos ontem a esclarecer os fatos para que as decisões fossem tomadas na medida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH