Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 12 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Bela deve se manifestar sobre aposentadoria através de nota

28 Mar 2007 - 15h17

A assessoria da ex-deputada Bela Barros (PDT) informou a pouco ao Douradosnews que ela deve se manifestar sobre sua aposentadoria proporcional na Assembléia Legislativa de MS através de uma nota à imprensa.

 

 

Bela evitou dar declarações a respeito da notícia veiculada hoje no jornal O Estado, da capital, dando conta que manobras da assessoria jurídicas da Assembléia garantiram sua aposentadoria precoce com salário de R$ 7,6 mil mensais. A ex-deputada teria apresentado certidões do INSS comprovando 32 anos de contribuição, mas sua aposentadoria foi proporcional porque ela não tem 55 anos, idade mínima para receber aposentadoria integral. Para se aposentar, Bela Barros teria averbado 16 anos de vereadora em Dourados como sendo de deputada, fundamentada no artigo 71 da lei 3.150 onde diz que para o funcionário público se aposentar com o salário de um cargo específico ele deve exercer esse mesmo cargo por pelo menos cinco anos.

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXPLORAÇÃO SEXUAL
Brasileiros são condenados por explorar prostitutas e vender drogas em Londres
NOVA LEGENDA
Presidente do PSL-RJ, Flávio Bolsonaro se desfilia do partido e apoiará criação de nova legenda
AMIZADE
Rômulo Estrela dá cadeira de rodas a colega baleado em assalto
SOLIDARIEDADE
Gusttavo Lima para carro e ajuda catador com cão no ombro. Vídeo
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Abel passa no 'teste' e pede Britney em casamento: 'Te amo'
ESPORTE
Flamengo oferece contrato de mais duas temporadas para Jorge Jesus, diz jornal
PRESIDENTE
MP altera jornada de trabalho de bancários e permite abertura de agências aos sábados
ESTELIONATARIA
Advogada de 82 anos é vítima de golpe via WhatsApp com boleto bancário
FAMOSIDADES
Camila Pitanga não demorou a contar à família sobre namoro com a artesã Beatriz Coelho
DESABAFO
Diego Hypólito faz desabafo sobre bullying na ginástica: 'Me espancavam e me humilhavam'