Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Barril do petróleo fecha acima dos US$ 52

6 Out 2004 - 16h59
O barril do petróleo cru para entrega em novembro fechou hoje cotado a US$ 52,02 na Bolsa Mercantil de Nova York devido aos baixos níveis dos estoques de petróleo nos EUA e a uma possível greve no setor petrolífero na Nigéria --sétimo maior exportador mundial do produto.

Foi o maior valor para um fechamento já registrado em Nova York. Ontem o barril já havia registrado fechamento recorde, US$ 51,09. Durante o dia, o preço chegou a atingir US$ 52,15, maior valor já registrado na história da negociação do barril em Nova York.

O risco de escassez de combustíveis para aquecedores preocupa os investidores americanos, com a proximidade do inverno no hemisfério Norte. A isso, combina-se a possibilidade de uma greve dos petroleiros na Nigéria para impulsionar o preço do barril.

O Departamento de Energia dos EUA divulgou hoje que o volume dos estoques de petróleo americano cresceu em 1,1 milhão de barris na semana passada. O mercado esperava alta de 2,75 milhões de barris. Na semana imediatamente anterior, foi registrado também um crescimento de 3,4 milhões de barris.

Os estoques, no entanto, continuam cerca de 4% inferiores aos níveis do mesmo período de 2003.

As refinarias do golfo do México continuam produzindo em níveis baixos desde a interrupção da produção devido à passagem do furacão Ivan pela região, há pouco mais de três semanas.

O presidente da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), Purnomo Yusgiantoro, disse ontem que o cartel está preparado para utilizar o restante de sua capacidade de produção para aumentar a oferta da commodity no mercado mundial. O comentário, como outros feitos por Yusgiantoro, não surtiu efeito sobre os preços.

 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
MAL SUBITO
Policial militar tem mal súbito e morre no mesmo dia que descobriu que seria pai
NOVELA GLOBAL
Régis oferece vender loja para dar dinheiro a Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
100 VERBAS
Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade