Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Bancos criticam pacote que reduz IR de aplicações

7 Ago 2004 - 07h39

Diferente do que pode parecer à primeira vista, o pacote fiscal baixado hoje pelo governo Lula pode resultar em aumento e não em diminuição de impostos. A avaliação é do economista-chefe da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Roberto Luis Troster.

O profissional refere-se ao aumento, de 20% para 22,5%, do Imposto de Renda sobre os ganhos obtidos com investimentos em renda fixa com prazo inferior a seis meses.

"Essa modalidade concentra o grosso das aplicações", diz. Em contrapartida, o governo reduziu, de 20% para 17,5%, a alíquota que incide sobre as aplicações no setor com prazos de 12 a 24 meses.

Para investimentos com resgate superior a esse período, o IR cai de 20% para 15%.

Nas aplicações com resgate entre seis e doze meses, a alíquota continua nos atuais 20%. Para Troster, é positivo incentivar aplicações com horizontes mais longos, isso não pode ser feito às custas dos investimentos de curto prazo.

O economista também criticou a redução, de 20% para 15%, dos ganhos com investimentos em ações. "Tem que tributar dividendos e não as ações", diz.

Além disso, ele considerou tímida a diminuição da alíquota de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre bens de capital, de 3,5% para 2%. "Isso é fruto de uma visão míope do governo. Tinha de isentar logo para estimular os investimentos", afirma.

Da mesma forma, Troster avalia que teria sido melhor zerar a cobrança de e de Contribuição Provisória de Movimentação Financeira (CPMF) e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre seguros de vida, que teve apenas a redução do IOF de 7% para 4%. "Isso diminuiria o custo do dinheiro", conclui.

 

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Menina de 7 anos é atacada por pitbull e morre na casa dos avós
CRIMINOSO FORAGIDO
Ataque com machadinha deixa alunos e professora feridos em escola
POLEMICA II
Após polêmica, deputado diz que não existe PL de poliamor ou casamento entre mães e filhos
CONFISSÃO
Filhos investigam e descobrem que pai matou a mãe há 37 anos
MAL SUBITO
Policial militar tem mal súbito e morre no mesmo dia que descobriu que seria pai
NOVELA GLOBAL
Régis oferece vender loja para dar dinheiro a Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
POLÊMICA
Vale Tudo: projeto libera casamento entre mães e filhos e revolta MS
100 VERBAS
Emissão de CPF e restituição do IR podem ser suspensas pela Receita
100 PENA
'Não tem que ter pena', diz Jair Bolsonaro sobre uso de atirador de elite após sequestro de ônibus
ACIDENTE TRÁGICO
Morte de três profissionais em acidente comove a cidade