MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 18 de Dezembro de 2017
SADER_FULL
23 de Dezembro de 2004 09h30

Banco quer rebaixar São Paulo por causa de Cicinho

O Banco Axial entrou nesta quarta-feira no STJD contra o São Paulo, alegando que o clube escalou o lateral-direito Cicinho de forma irregular durante todo o Brasileiro-2004.

O Banco Axial tinha uma dívida com o Botafogo-SP, clube que revelou Cicinho. Como forma de pagamento, a equipe paulista deu 50% do vínculo do jogador para a empresa. A outra metade foi vendida ao Atlético-MG, quando este adquiriu os direitos do ala direito.

No início deste ano, Cicinho ganhou uma ação na Justiça contra o Atlético-MG, alegando atraso no pagamento dos salários. Com isso, ele foi liberado para jogar no clube tricolor.

O Banco Axial alega que o jogador recebeu uma liberação para jogar referente à parte do clube mineiro (50%). Hoje, o presidente do STJD, Luiz Sveiter, deve receber a queixa. Ele vai analisar para ver se o pedido procede. Se assim for, vai encaminhá-lo para um procurador.

Caso o pedido seja aceito, o São Paulo corre o risco de perder o dobro de pontos das partidas em que Cicinho assinou a súmula.

O jogador foi o segundo que mais atuou pelo São Paulo no Brasileiro. Ao todo, ele fez 42 jogos pelo time tricolor. Neste caso, o clube do Morumbi perderia 252 pontos (42 vezes 6) e teria de jogar a Série B em 2005.

"O São Paulo não pode perder os pontos. Quando eu estava no Atlético-MG, eles quiseram comprar a parte do Banco Axial, para ficar com 100% do meu vínculo. Daí, eles não pagaram. A dívida é entre o clube e a empresa. Eu não tenho nada a ver", disse o lateral, pouco antes do Brasileiro chegar ao fim.

Cicinho tem contrato com o São Paulo por mais dois anos e atualmente é a única opção do clube para lateral direita, já que o contrato de Gabriel não foi renovado.

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Nossa_Lojas
FÁBRICA_CALÇADOS
Últimas Notícias
  
FÁBRICA_CALÇADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.