Menu
SADER_FULL
domingo, 22 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Banco do Povo já atendeu mais de 7 mil pessoas em 5 anos

22 Nov 2004 - 13h44
Em cinco anos de existência o Banco do Povo já atendeu mais de sete mil clientes e emprestou R$ 10,4 milhões. Com um foco nas pessoas excluídas dos grandes sistemas de crédito, o banco comemora, além do aniversário, a satisfação de poder ser auto-suficiente na concessão de empréstimos. “Nós recebemos R$ 100 mil por mês do governo do Estado. Mas, se esses recursos forem cortados, ainda assim teremos a capacidade de emprestar R$ 280 mil por mês”, afirma Ananias Costa dos Santos diretor-presidente da Funtrab (Fundação de Trabalho).

Ananias explica que o Banco do Povo foi criado com uma visão diferente. Enquanto nas grandes instituições financeiras, para se ter acesso ao crédito é necessário ter um bem para deixar de garantia, no Banco do Povo o único quesito obrigatório é que a proposta da pessoa seja viável. “A gente torce para que o nosso cliente dê certo”, disse, lembrando que os banco convencionais têm seu dinheiro de volta logo na quinta parcela do empréstimo, pois cobram juros de até 7% ao mês, o que dá 135% ao ano, e no Banco do Povo o juro é de 2,6% ao mês, por tanto mais fácil de se pagar.

Com taxas de juros baixas a inadimplência é quase inexpressiva. Segundo o diretor, ela oscila entre 3,5% e 4%, mas pode chegar a 7% em determinadas épocas do ano. “Em fevereiro e março a inadimplência é mais alta, mas em período como este, de aquecimento do comércio, ela reduz bastante. A nossa inadimplência é diferente. Acontece porque o projeto da pessoa não deu certo mesmo, não porque ela não quis pagar. Mas esse é um risco que temos de assumir. O risco da pessoam não dar certo”, comenta.


Empregos - De acordo com Ananias, o microcrédito gera mais empregos do que os grandes financiamentos. Emquanto para se gerar um emprego na grande indústria, segundo estimativas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), são necessários US$ 70 mil, o pequeno crédito consegue isso com apenas R$ 1,2 mil. “Isso dá uma idéia do quanto o microcrédito é importante na geração de empregos.”

O Banco do Povo financia de pequenos comerciantes a sacoleiros. “Nós financiamos tudo, desde que seja lícito.” Depois de entrar em contado com o banco, o candidato ao crédito receberá a visita de um agente que avalia a viabilidade da idéia e faz o acompanhamento. O máximo que uma pessoa pode pegar na primeira vez é R$ 2 mil, já, no segundo empréstimo, o teto é de R$ 6 mil parcelado em até 12 meses.

Ananias explica que o objetivo do Banco do Povo é ampliar as parcerias com instituições como o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), para tornar as pessoas empreendedoras. “Quando começamos, todos os que conseguiam o empréstimo tinham de passar por um treinamento para saber como gerenciar um negócio, mas hoje essa prática foi substituída pelo acompanhamento mensal”.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO BELO RESORT - PROMOÇÃO
Campo Belo Resort com promoção especial de 22 a 31 de julho, CONFIRA
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Karola descobre o paradeiro de Luzia e chantageia a DJ: Beto ou cadeia?
ACIDENTE FATAL NO BEACH PARK
Acidente no Beach Park, veja como é o brinquedo 'Vainkará' que matou turista
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Fátima do Sul: O Boticário lança linha de cuidados masculinos e mostra que homens também se cuidam
ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida