Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Bancários podem entrar em greve a partir de quarta-feira

24 Set 2010 - 15h48Por Agência Brasil

Os bancários podem entrar greve por tempo indeterminado em todo o país a partir da próxima quarta-feira (29) caso não haja um acordo com os patrões. A orientação do comando nacional de greve da categoria é a realização de assembleias, na próxima terça-feira (28), a fim de discutir a viabilidade da paralisação já no dia seguinte. Ontem (23), as negociações com os bancos públicos, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, não avançaram.

Os bancários reivindicam reposição salarial de 11%, melhoria na participação nos lucros e resultados, valorização dos pisos salariais e elevação dos auxílios refeição e alimentação. De acordo com informações divulgadas pelo Sindicato dos Bancário do Distrito Federal, os seis maiores bancos que operam no país (Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco, Caixa, Santander e HSBC) apresentaram R$ 21,7 bilhões de lucro líquido nos seis primeiros meses do ano.

O ganho é 32% superior ao lucro do mesmo período de 2009 e a rentabilidade média sobre o patrimônio líquido é de 25%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'