Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 20 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Bancada do Agronegócio e representantes da classe se reúnem

25 Abr 2007 - 10h55

A primeira reunião da Bancada do Agronegócio, realizada na terça-feira, dia 24, repercutiu positivamente segundo o deputado Estadual, Reinaldo Azambuja, que é líder do PSDB na Assembléia, preside a Bancada e conduziu a reunião.

 

Os deputados acompanharam a seqüência dos dezesseis itens apontados como prioritários pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL), trazidos pelo presidente da entidade Ademar Silva Junior, para discussão com os deputados.

 

A pauta fiscal foi a questão discutida na abertura da reunião, assunto que, segundo Azambuja, será tema de uma próxima reunião da Bancada, que pretende em seguida discutir com o Governo do Estado.

 

Com relação ao Fundersul, assunto mais polêmico, discutido na reunião Azambuja observou que deixou claro para as entidades ali representadas, que “Em momento algum nós autorizamos pagamento de contratos existentes e que o Governo, através de seu líder [deputado Youssif Domingos] comprometeu-se a vir discutir conosco do que se trata essa rubrica de pagamento de saldos existentes”. Azambuja deixou claro que é desejo da Bancada que os recursos do Fundo sejam aplicados na restauração e conservação da malha viária do Estado, que segundo o parlamentar está em Estado de grande precariedade.

 

Azambuja observou ainda que em momento algum foi trazido a discussão na Casa a questão da Petrobrás. Segundo ele, o assunto ainda será tema de muitas discussões antes da votação do Plano oferecido pelo Governo por que segundo o parlamentar a própria origem do Fundo não permite que os recursos sejam gastos de outra maneira, senão como investimento.

 

Questionado sobre a prontidão do Governo em colocar o Secretário de Obras e sua equipe para esclarecer em reunião com os deputados as questões pertinentes ao Plano, Azambuja afirmou que não ouve surpresa e que considera essa uma atitude de entendimento.

 

Entre as varias proposituras do Plano oferecido pelo Governo do Estado para o Fundersul Azambuja destacou ainda o retorno da tributação do combustível que está, segundo ele, sendo realizada através do ICMS, mas não está sendo repassada. “Isso foi discutido com as entidades e marcamos uma nova reunião para que levemos o resultado de nosso encontro com os representantes do Governo na quinta-feira”.

 

A reunião, citada por Azambuja, ficou agendada para o próximo dia 2 de Maio, em local e horário a serem definidos.

 

Participam da reunião dez dos dezesseis deputados que compõe a Bancada, além do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL), Ademar Silva Junior, o vice-presidente, Eduardo Riedel e representantes da AMN. Dos deputados além do líder da bancada, deputado Reinaldo Azambuja (PSDB), participaram Márcio Fernandes (PSDB), Paulo Corrêa (PR), Zé Teixeira (PFL), Junior Mochi (PMDB), Professor Rinaldo (PSDB), Pedro Teruel (PT), Akira Otsubo, Marquinhos Trad e Jerson Domingos, do PMDB.

 

 

 

REQUERIMENTO – FUNDERSUL

 

Depois de muitas discussões pela manhã, em plenário, o deputado Reinaldo Azambuja, líder do PSDB na Assembléia, decidiu por retirar de pauta, o requerimento onde solicitava informações detalhadas sobre o Plano do Governo para os recursos do Fundersul, apresentado pelo Governo do Estado e que gerou grande polêmica.

 

Azambuja foi convencido pelo líder do PMDB, deputado Youssif Domingos, que afirmou estar agendada para a próxima quinta-feira (26) a vinda do secretário Edson Girotto para que sejam esclarecidas as duvidas levantadas pelos deputados com relação às contas de ‘restos a pagar’ que foram sugeridas pelo Governo para serem quitadas com recursos do Fundersul.

 

Segundo Azambuja, a grande preocupação, é que os recursos do Fundersul sejam utilizados para pagamento de uma ‘herança fiscal irresponsável’ que segundo ele deveria ter sido saudada na gestão do ex-governador “Precisamos saber o que é este saldo, se é oriundo de restos a pagar do mandato anterior que são de contratos que foram

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
Fátima News
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Fátima do Sul/MS
(67) 99638-6610 rogerio@fatimanews.com.br
© Fátima News. Todos os Direitos Reservados.