Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Azambuja assumirá PSDB com pensamento em candidaturas

12 Jul 2007 - 13h30

O deputado estadual Reinaldo Azambuja deve assumir o comando do PSDB em Mato Grosso do Sul, no mês de agosto, com o pensamento em defender candidatura própria em vários municípios do Estado. Ele substituirá o deputado federal Waldir Neves que conclui mandato de dois anos à frente da direção partidária.

Cauteloso, Azambuja defende entendimentos com relação a sucessão do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), cuja preferência é pela manutenção da aliança que saiu vitoriosa nas eleições de 2004, mas planeja lançar candidato próprio em Dourados – segundo maior colégio eleitoral do Estado.

Azambuja revelou que a intenção é trabalhar um nome competitivo e admitiu a possibilidade de cooptar o deputado estadual Ari Artuzi (PMDB), aproveitando as divergências internas no PMDB depois que o deputado federal Geraldo Resende anunciou sua saída do PPS para disputar a prefeitura de Dourados pelo partido do governador André Puccinelli.

“Nós temos em Dourados um partido constituído, pessoas de expressão, lógico que o nosso interesse numa cidade que é o segundo colégio eleitoral do Estado, e como diz uma resolução nacional que temos de ter candidato, seria buscar uma candidatura própria, nós vamos envidar os esforços para termos um nome que possa ser competitivo no município de Dourados”, afirmou o deputado.

Azambuja, que atualmente é secretário-geral do PSDB, disse que respeita a ida de Geraldo Resende para o PMDB, por entender que essas questões de composição e acomodação partidária são salutar, mas garante que o PSDB vai tentar viabilizar uma candidatura própria em Dourados, onde o PT reina há quase dois mandatos do prefeito Laerte Tetila.  

“Nós temos nomes, como o doutor Jamal (Haddad), e existe também, se confirmada a ida do Geraldo para o PMDB, a possibilidade da vinda do deputado Ari Artuzi para o PSDB”, colocou.  

Chapa única – Azambuja defendeu ainda a pluralidade na composição na chapa de consenso que está sendo montada visando à convenção regional do PSDB.

“Estamos concluindo os entendimentos visando à composição de uma chapa única de consenso para contemplar todos os setores do partido e com a participação praticamente de todos os diretórios municipais, para que a gente tenha pluralidade dos membros”, acrescentou.

Ele adiantou que seu mandato seguirá o ritmo do que já vem sendo praticado em nível nacional com a realização de seminários, envolvendo os eleitores, a militância tucana nos debates de questões importantes em vários setores, como educação, saúde, segurança pública, desenvolvimento econômico, meio ambiente, etc. 

“Vamos fazer um trabalho grande para trazer as lideranças nacionais na data da nossa convenção (provavelmente em setembro), até porque o PSDB está terminando  um seminário, então nós vamos ver uma data que possamos conciliar a vinda das grandes lideranças, como os governadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP), e talvez, o ex-presidente Fernando Henrique para que a gente possa ter uma convenção para dizer aos nosso filiados as diretrizes, as linhas que o PSDB têm traçadas como propostas para a população do País”, adiantou. 

Azambuja garantiu que nesses seminários o PSDB chegou ao entendimento de algumas proposituras de vários temas. “Nós queremos apresentar isso aos filiados do partido, e essa será a nossa diretriz rumo as eleições do ano que vem e também para as eleições de 2010”.

 

 

Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho