Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Aumento de obesidade mórbida entre homens é alarmante

22 Jul 2010 - 17h44Por Agência Notisa
Sabendo que a obesidade é um problema mundial cada vez mais grave, Leonor Maria Santos, do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília e colegas fizeram uma reanálise de inquériros antropométricos nacionais para investigar a prevalência da obesidade mórbida no Brasil. Os resultados da pesquisa foram publicados em julho deste ano no jornal internacional Obesity Surgery. Os pesquisadores contam no artigo que também utilizaram dados sobre cirurgias bariátricas realizadas no país obtidos no Sistema de Informações Hospitalares do SUS, disponíveis online.

De acordo com o texto, eles identificaram um aumento de 255% na prevalência de obesidade mórbida, começando em 0,18% em 1975-1976, aumentando para 0,33% em 1989 e para 0,64% em 2002-2003. "Houve uma taxa mais elevada no Sul nos dois primeiros levantamentos, mas a prevalência na região Sudeste aumentou constantemente, chegando a 0,77% em 2002-2003, alcançando o Sul", contam no estudo.

Segundo os autores, o SUS passou a cobrir a cirurgia bariátrica de obesidade mórbida em 1999, sendo que entre os anos 2000 e 2006 o número de procedimentos realizados aumentou seis vezes. Em 2006 atingiu 2.500 cirurgias. A realização de cirurgias bariátricas pelo SUS esteve concentrada na região Sudeste, seguida pela região Sul.

Diante dos resultados, a equipe considera que o aumento da obesidade mórbida é "alarmante" no Brasil, especialmente entre homens. Eles entendem que a adoção de medidas preventivas que visem retardar e prevenir a epidemia de obesidade no país é urgente. Vale lembrar que obesidade mórbida é definida como índice de massa corporal (IMC) superior a 40kg/m2.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'