Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 20 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Aumento da exploração sexual está ligado à expansão da produção de etanol

8 Nov 2010 - 13h53Por Conjuntura Online
Estudo feito pelo Ibiss (Instituto Brasileiro de Inovações Pró-Sociedade Saudável), com sede em Campo Grande, em cinco cidades de Mato Grosso do Sul aponta relação entre a expansão da produção de etanol e o aumento da exploração sexual, principalmente de crianças e adolescentes e de mulheres paraguaias trazidas ao Brasil. O levantamento, repercutido pela Agência Brasil, foi realizado nas cidades de Sidrolândia, Maracaju, Nova Andradina, Nova Alvorada do Sul e Rio Brilhante.

O estudo “Impactos do Setor Sucroalcooleiro na Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Mato Grosso do Sul” indicou que "grandes empreendimentos alteram significativamente as dinâmicas das localidades por onde avançam".
 
No caso da indústria do etanol nos cinco municípios, uma das consequências é a mudança de comportamento da população. "A expropriação do corpo das mulheres e das crianças está colocada e se torna um valor cultural fundante naquelas localidades", afirmou Estela Márcia Scandola, diretora do Ibiss.
Segundo Estela, a exploração sexual tem sido um meio para a fixação dos trabalhadores do setor sucroalcooleiro, que, para ela, ainda é formado por um grande contingente de mão de obra imigrante.
 
"Os serviços sexuais serão utilizados inclusive para a manutenção da calma dos trabalhadores diante do fato de estarem longe da família e das suas relações afetivas", disse a diretora.

O estudo foi feito durante o ano passado sob encomenda do Comcex (Comitê de Enfrentamento da Violência e da Defesa dos Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes do Estado) e foi encaminhado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (financiadora), ao Ministério Público do Trabalho e à Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul. Antes da publicação, o estudo foi submetido ao Comitê de Ética da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Nos municípios em que a pesquisa foi feita funcionam nove das 21 usinas de etanol do Estado. Mato Grosso do Sul é o quinto maior produtor de etanol do país e teve a maior taxa de crescimento na produção de cana-de-açúcar entre as safras de 2009 e 2010: 22,58%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A estimativa é que a produção de etanol no Estado atinja 2 bilhões de litros neste ano.

 Os resultados e a metodologia da pesquisa foram contestados pela Biosul (Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul) e pela Secretaria de Assistência Social de Rio Brilhante, uma das cidades pesquisadas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso