Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Aumentam vendas de máquinas agrícolas

16 Ago 2010 - 10h44Por

O setor de comercialização de máquinas agrícolas vive um bom momento com o aumento das vendas neste primeiro semestre de 2010. Na 38ª Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial do Sul de Mato Grosso , em Rondonópolis, foi possível ver, pela quantidade de tratores, colheitadeiras, pulverizadores e implementos agrícolas expostos, que as indústrias não economizaram no lançamento de novas e modernas máquinas.

O empresário Darci Ciarini, proprietário da Agrofito, revendedora da Case, Agrale, Stara e Volare, em Rondonópolis, avalia positivamente o cenário. "Na verdade estamos passando por uma fase de recuperação, pois no ano passado já houve uma melhora expressiva nas vendas, o que não vinha acontecendo em anos anteriores, em função da crise".

O empresário avalia que entre os principais fatores para os investimentos em renovação da frotas de tratores e colheitadeiras por parte dos produtores rurais, é o bom preço da soja. Além da retomada da compra de grãos pelos chineses, o baixo estoque de fibras no mercado mundial também favorece o Brasil que é um dos maiores produtores de soja e algodão. E, consequentemente, Mato Grosso, Estado que mais produz grãos no país. Para se ter uma idéia, enquanto em 2009 foram vendidos 3.816 colheitadeiras em todo o Brasil, até o final do mês de julho haviam sido comercializadas 2.157. Já em Mato Grosso, ano passado foram comercializadas 784 colheitadeiras e este ano, até o mês de julho, 255.

As vendas de máquinas agrícolas no Brasil em junho atingiram 6.059 unidades, queda de 5% em relação a maio. Mas, em relação ao mesmo mês do ano passado, houve uma alta de 42,8%, segundo informações da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores .

De janeiro a junho, o setor vendeu 34.982 unidades (colheitadeiras, tratores e pulverizadores), crescimento de 51,7%, contra o mesmo período do ano passado. Em junho, a produção de máquinas atingiu 7.676 unidades, queda de 4,7% sobre maio e um salto de 88,8% em relação a junho de 2009.

Nos seis primeiros meses deste ano foram produzidas 43.795 unidades, alta de 54,1% na comparação anual. Foram exportadas em junho, 1.609 unidades, declínio de 19,1% sobre maio e alta de 34,3% ante junho do ano passado.

O faturamento bruto mensal do setor de máquinas e equipamentos teve elevação de 7,9% em junho de 2010, somando R$ 6,158 bilhões, conforme informações da Abimaq Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

A média mensal de faturamento em 2009 foi de R$ 5,486 bilhões, enquanto que em 2008 o valor chegou a R$ 6,824 bilhões.

Segundo previsões da Abimaq, a média de 2010 deve ser de R$ 5,650 bilhões. De janeiro a junho, as vendas externas somaram 8.231 unidades, crescimento de 13,1% sobre igual período de 2009, o que representou uma receita de US$ 953,005 milhões, 66,2% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado