Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Audiência Pública sobre Festival América do Sul será dia 2

31 Ago 2004 - 11h13
Os deputados estaduais aprovaram hoje de manhã a realização de uma audiência pública na próxima quinta-feira(2/9) para discutir, a pedido do deputado Waldir Neves,  a realização do Festival América do Sul.

O parlamentar tucano Waldir Neves  apresentou requerimento em função das inúmeras denúncias de pressão administrativa e abuso de poder econômico que vêm sendo publicadas em jornais locais e nacionais nos últimos dias colocando em dúvida a finalidade do evento. Para Waldir Neves é no mínimo estranho realizar um festival de música em um município carente com uma verba que poderia custear cerca de 300 casas populares . E mais estranha ainda é a realização desse festival no auge de uma campanha eleitoral. “Porque o Governo não usa o prestígio que tem junto ao Banco do Brasil, patrocinador do evento, para conseguir um projeto habitacional para a população do município?  Porque em Corumbá, justamente onde o PT está em frangalhos? E onde estão sendo usados os recursos do Fundo de Cultura uma vez que o festival vai cobrar ingresso da população?”, questiona Neves.

           O deputado do PSDB  mostrou aos deputados a denúncia publicada pelo jornal Folha de São Paulo que mostra o montante de recursos –2,5 milhões de reais – destinados pelo Banco do Brasil para o referido Festival. Segundo a matéria, um dos mais caros patrocínios concedidos pelo Banco do Brasil. A matéria  mostra ainda uma declaração do Governador Zeca do PT onde ele diz que teve dificuldades em conseguir a liberação do patrocínio e que teve que ameaçar tirar a conta do Estado do Banco.

            Waldir Neves apresentou também um requerimento solicitando mais informações sobre o Festival ao Secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Nucci, sobre o total de recursos gastos no evento, qual o critério da escolha da cidade, da data, entre outros detalhes. “Não poderia ficar omisso à essas denúncias. Será que o governo está dando tanta atenção à outros eventos culturais realizados em nosso Estado mas em cidades onde o PT não tem nenhuma chance de vencer as eleições, como em Aquidauana por exemplo?”, finalizou o tucano.

 

 

 

Assembléia

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS