Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Atlético-MG vai a julgamento nesta sexta-feira

22 Out 2004 - 14h06

O Atlético-MG será julgado, na noite desta sexta-feira, pelos incidentes ocorridos no Estádio Independência, na partida contra o São Paulo. Torcedores atiraram objetos em campo e podem prejudicar o time na seqüência do Brasileiro.

Isto porque o Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF pode punir o clube com a perda do mando de campo de até três jogos. Caso isso aconteça, a diretoria do Atlético-MG anunciou que leva as partidas do time para a cidade de Ipatinga.

O presidente do Atlético-MG, Ricardo Guimarães, sabe que a punição deve mesmo acontecer. Mesmo assim o dirigente prefere não culpar a torcida, lembrando que o arremesso dos objetos foi feito por uma pequena parte dos presentes ao Estádio.

"A torcida tem nos dado muito apoio, nossa torcida sempre foi muito ordeira, que comparece e incentiva. Nós só temos a agradecer. E naquele momento o que aconteceu foi uma atitude de uma minoria, atitude com a qual não concordamos."

O time mineiro teria apenas mais quatro jogos em casa no Campeonato Brasileiro deste ano. Se for punido com a perda do mando de campo de três partidas, a situação pode se complicar na busca para escapar do rebaixamento.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira algumas das promoções que O Boticário tem para você em Fátima do Sul
LAVA-JATO
Michel Temer é preso pela Lava Jato; PF faz buscas por Moreira Franco
SORTUDO
Aposta única fatura R$32,7 milhões na Mega-Sena
DESCASO
Bebê morre após parto feito pelo pai em ambulância sem médico
FAMOSIDADES
Aos 58 anos, atriz Tássia Camargo sofre infarto e está na UTI de Hospital em Portugal
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque