Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 16 de setembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Atleta de MS vence no Open Paradesportivo

2 Ago 2004 - 15h35
O integrante do projeto Talento Esportivo, Antonio Carlos Pereira da Silva, foi o campeão na categoria BC3 de Bocha, no I Open Paradesportivo Pantanal. Ele disputou o título com outros atletas paralisados cerebrais. Na mesma categoria, o segundo lugar ficou com Carlos Henrique Becker Brito e o terceiro com Jéferson Rosa.

O campeão de bocha por equipe foi o Clube Paradesportivo Pantanal, com a Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba em segundo e a Associação Pestalozzi de Aquidauana em terceiro. No individual, a classificação foi a seguinte: categoria BC1 – José Carlos Chagas, Antonio Nunes da Silva Neto e Roberto Luis Detoni; categoria BC2 – Eder Vieira Nogueira, Oilson Roberto Souza e José Henrique Jorge; categoria BC4 – Silvia Araújo Almeida; Antonio Luís Pereira Mecenas e Ercileide Laurinda da Silva.

No polybat, a equipe campeã foi a do Clube Paradesportivo Pantanal. O vice ficou com o projeto Driblando as Diferenças, da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande e o terceiro lugar com o Rondônia Clube Paradesportivo.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles
SUPERSTIÇÃO
Primeira sexta-feira 13 do ano com noite de lua cheia pode ser perigosa, alerta taróloga
ESPORTE
Poderá o poker se tornar olímpico?