Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 16 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Atentados a bomba matam 26 e ferem 84 na Índia

2 Out 2004 - 09h54
Ao menos 26 pessoas morreram e outras 93 ficaram feridas em duas explosões na cidade de Dimapur (Estado de Nagaland, no nordeste da Índia), neste sábado, segundo o jornal indiano "The Times of India".

Foi o pior ataque desde o cessar-fogo selado em 1997 entre o governo indiano e o principal grupo separatista da região, Conselho Nacional Socialista de Nagaland. A polícia local diz que o grupo pode ter retomado a luta pela independência da região.

A primeira explosão aconteceu numa estação de trem em Dimapur, matou 11 pessoas e deixou vários feridos, de acordo com C. Kuki, inspetor policial.

Poucos minutos depois, uma segunda bomba explodiu numa área comercial chamada de "Hong Kong", também em Dimapur, matando quatro pessoas e ferindo um número desconhecidos de transeuntes. Policiais investigam se as duas explosões estão relacionadas.

No bairro são comercializados produtos chineses e voltava a funcionar um dia após as comemorações do 135º aniversário do nascimento de Mahatma Gandhi (líder indiano que combateu o domínio inglês na Índia e conquistou a independência do país em 1947), nesta sexta-feira.

Uma outra pessoa morreu em uma terceira explosão no bairro Kokrajhar, próximo ao local das duas primeiras explosões, mas não estava claro se estavam ligadas.

Segundo a polícia local, as explosões foram provocadas com o explosivo plástico RDX --um dos componentes do C-4, um explosivo plástico militar do qual também foram achados resquícios em vários atentados atribuídos à rede Al Qaeda.

"A condição de muitos dos feridos é bastante crítica e o número de mortos pode subir", disse o chefe do governo local, Neiphiu Rio, segundo o jornal indiano.

 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.